Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1130
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Consumo e digestibilidade de resíduos de camu-camu (Myrciaria dubia) em ração farelada e extrusada de ovinos
metadata.dc.creator: Dario do Canto Nogueira
metadata.dc.contributor.advisor1: Expedita Maria de Oliveira Pereira
metadata.dc.description.resumo: A crescente demanda de proteína na alimentação humana é altamente significativa e sabe-se que a carne é a fonte protéica preferida.A ovinocultura é uma atividade que vem crescendo no país, confirmado pelo interesse dos criadores pela espécie e do mercado consumidor pelos seus produtos. A ovinovultura é um sistema de produção animal altamente recomendada para regiões amazônicas por trazer vantagens produtivas e ambientais. Pode ser facilmente utilizada em sistemas de agricultura familiar, por ocupar pequenos espaços para sua criação, causam menor compactação do solo em sistemas de pastejo, prolongando assim o tempo de vida útil de uma pastagem e emitem cinco vezes menos gases poluentes fruto da fermentação ruminal do que a quantidade emitida por bovinos. A alimentação do rebanho corresponde a mais de 70% dos custos produtivos final, indicando que estratégias devem ser adotadas buscando diminuí-los. A solução para o problema seria buscar utilizar alimentos alternativos na alimentação dos rebanhos no estado. O uso de alimentos alternativos é uma prática recorrente em várias regiões do Brasil. A indústria de extração de polpas de frutas vem crescendo no estado e os seus resíduos são dispersos diretamente no solo ou rios próximos a unidade processadora, sendo uma fonte de poluição ambiental O camu-camu, caçari, ou araçá-d'água (Myrciaria dubia H. B. K. (McVough) é um arbusto ou pequena árvore, pertencente à família Myrtaceae, disperso em quase toda a Amazônia, encontrado no estado silvestre nas margens dos rios e lagos, geralmente de água preta, seus frutos são globosos, 10 a 32 mm de diâmetro, de coloração vermelha ou rósea e roxo escuro no estágio final de maturação. O resíduo do camu-camu é composto basicamente por casca e semente, ficando no mesmo pequenas partes da polpa e o maior problema em relação ao consumo da fruta e produtos beneficiados por humanos é a presença de forte sabor amargo na casa. A utilização de alguns subprodutos é limitada por apresentarem baixa palatabilidade, possuírem algum componente antinutricional em sua composição ou interagirem negativamente com outros ingredientes diminuindo o aproveitamento nutricional da dieta. O trabalho tem por objetivo avaliar a digestibilidade do resíduo de camu-camu em diferentes formas de fornecimento (farelada e extrusada) em substituição ao milho como fonte alternativa de alimento para ovinos, para tal utilizará seis ovinos machos não castrados, com idade inicial de 90 dias, da Raça Sana Inês, que ficarão alojados em gaiolas metabólicas durante o ensaio de digestibilidade, que receberão as seguintes dietas experimentais: 1) sem adição de camu-camu (SC); 60% de substituição do milho por camu-camu em ração farelada (RCF); 60% de substituição do milho por camu-camu em ração farelada extrusada (RCE). O método utilizado para avaliação da digestibilidade aparente será o de coleta total de fezes com o auxílio de sacolas metabólicas adaptadas ao animal segundo MERCHEN (1988).
Abstract: 
Keywords: consumo alimentar, digestibilidade aparente
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Nutricao e Alimentacao Animal
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Produção Animal e Vegetal
Faculdade de Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: Programa PIBIC 2008
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1130
Issue Date: 31-Jul-2009
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.