Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1140
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Tiago Viana da Costa
dc.creatorCarlos Magno Castro Bentes
dc.date.accessioned2016-09-23T13:55:24Z-
dc.date.available2016-09-23T13:55:24Z-
dc.date.issued2009-07-31
dc.identifier.urihttp://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1140-
dc.description.abstractpt_BR
dc.description.resumoM. amazonicum (Heller, 1862) é uma espécie nativa e bastamente distribuída em muitas bacias da América do Sul, sendo conhecido popularmente como camarão-sossego ou camarão-canela . A maior parte da carcinicultura de água-doce tem sido focada no M. rosenbergii De Man, no entanto, M. amazonicum vem despertando interesse crescente para o cultivo comercial, devido ao seu potencial zootécnico e suas propriedades organolépticas. Apesar das pesquisas apontarem os camarões de água-doce como de grande potencial para a criação em cativeiro, alguns cultivos na região Norte, esbarram na falta de alimentação adequada para suas espécies nativas, aliado ao alto custeio das importações das rações comerciais produzidas a base de milho e soja. Desta forma, pesquisas que viabilizem a suplementação alimentar com ingredientes regionais as rações tradicionais, podem contribuir para uma maior acessibilidade por parte de produtores locais a alimentos mais baratos, diminuindo o custo de produção e aumentando as chances de crescimento do setor. Os animais para o experimento serão obtidos mediante coleta no lago Macurany, que se situa próximo a cidade de Parintins/AM, utilizando-se das técnicas adotadas pelas camaroneiras. Em seguida serão separados por sexo, sendo os dados registrados todas as vezes que se observar exúvias (mudas). As baterias experimentais irão consistir de um controle, constituído por 50 machos e 50 fêmeas, que receberão alimentação básica (ração comercial) para camarão e os animais das baterias experimentais receberão suplementação de farinha de piracuí em 10% e 20% à ração tomada como base na bateria do controle. Com esse delineamento experimental, pode-se avaliar o incremento de massa corporal obtido pelos animais com a nova alimentação fornecida e ainda pode-se avaliar se houve diferença no crescimento entre sexos. Desta forma, esta pesquisa tem o intuito de contribuir na descoberta de produtos que regionalize a ração fornecida aos animais, em uma tentativa de viabilizar a cadeia produtiva da carcinicultura na região Norte.pt_BR
dc.description.sponsorshipFAPEAMpt_BR
dc.formatPDF
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Amazonaspt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Zootecnia e Ciências Sociais Aplicadas - Parintinspt_BR
dc.publisher.departmentpt_BR
dc.publisher.programPrograma PIBIC 2008pt_BR
dc.publisher.initialsUFAMpt_BR
dc.rightsAcesso Restritopt_BR
dc.subjectMacrobrachium amazonicum
dc.subjectfarinha de piracuí
dc.subjectalimentação
dc.subject.cnpqCiências Agrárias: Carcinoculturapt_BR
dc.titleAvaliação do crescimento de MACROBRACHIUM AMAZONICUM (Heller, 1862) submetido à suplementação alimentar.pt_BR
dc.typeRelatório de Pesquisapt_BR
dc.pibic.cursoZootecniapt_BR
dc.pibic.tipobolsa
dc.pibic.nrprojetoPIB-A/0031/2008
dc.pibic.projetoAvaliação do crescimento de MACROBRACHIUM AMAZONICUM (Heller, 1862) submetido à suplementação alimentar.
dc.pibic.dtinicio2008-08-01
dc.pibic.dtfim2009-07-31
dc.contributor.colaboradorMarcio Aquio Hoshiba
dc.contributor.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5928609084333527
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.