Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1166
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Efeito da restrição alimentar sobe o cultivo de tambaqui (Colossoma macropomum) em tanque semi-escavado
metadata.dc.creator: Thiago Marinho Pereira
metadata.dc.contributor.advisor1: Bruno Adan Sagratzki Cavero
metadata.dc.description.resumo: No Brasil, a procura por peixes de cativeiro tem levado as IES e a Iniciativa Privada, a investirem em pesquisa e desenvolvimento tecnológico. Concomitantemente a este processo, as legislações e as organizações ambientais públicas ou não, desenvolvem um papel que acaba por restringir ou limitar que os recursos hídricos sejam amplamente colonizados por cultivo de espécies em escala industrial. As pesquisas que se dedicaram a estudar os efeitos da restrição alimentar em organismos aquáticos foram realizadas em locais de zonas temperadas, onde as baixas temperaturas por longos períodos inviabilizam o arraçoamento. Por isso, os ciclos de restrição alimentar foram intermitentes e não existe a preocupação de ressaltar sua importância como ferramenta de controle de aporte de nutrientes nos corpos d água. O objetivo deste trabalho é avaliar o efeito da restrição alimentar sobre o cultivo de tambaqui (Colossoma macropomum), em tanque semi-escavado, através da influência que o sistema de arraçoamento proposto terá sobre os índices zootécnicos, econômicos e ambientais da espécie. O experimento será conduzido em delineamento experimental inteiramente casualizado 2 x 2 (dois tratamentos, duas repetições). No Tratamento 01 (controle), será utilizada a metodologia praticada nas fazendas de piscicultura, onde os animais são alimentados diariamente sempre em dois horários distintos. No Tratamento 02, o sistema de restrição alimentar consiste em um arraçoamento sistemático de 2:7 (dois dias de restrição para cada sete cultivados). Durante todo o período os animais serão alimentados com ração comercial extrusada, à 5% da biomassa. O período experimental será de 90 dias. Cada unidade experimental terá 10.000 m2 de área com profundidade média de 1m. Os peixes serão estocados na densidade de 4.000 peixes/ha, com o peso inicial médio de 100g.
Abstract: 
Keywords: arraçoamento sistemático
redução de efluentes.
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Piscicultura
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Ciências Pesqueiras
Faculdade de Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: Programa PIBIC 2008
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1166
Issue Date: 31-Jul-2009
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.