Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1824
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Estudo etnográfico das relações sociais entre famílias Ye pá-mâha e as agências na cidade de Manaus
metadata.dc.creator: Dayana Kellen Onofre e Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: José Exequiel Basini Rodriguez
metadata.dc.description.resumo: A população indígena de Manaus é de aproximadamente sete mil indivíduos, espalhados pelas quatro zonas da cidade, de acordo com Censo feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2000. No entanto, outros dados estatísticos duplicam a estimativa dessa população indígena. Neste sentido o CIMI e a COIAB referem-se a quinze mil indígenas. Esses, entre eles, os Ye pá-Mâhsa (tukano), segundo o IBGE, vivem nos bairros da periferia, em lugares onde não há saneamento básico, postos de saúde, escolas, segurança e outros serviços básicos. E para sobreviver, muitas famílias produzem e comercializam artesanato, os homens fazem pequenos trabalhos - os "bicos" - e as mulheres são empregadas domésticas. Cabe destacar, que os indígenas de Manaus vêm experimentando uma importante reorganização etnica, desde a década dos oitenta, através de associações e outras entidades supraétnicas que decantam no fortalecimento identitário, e o exercício permanente de defesa de seus direitos constitucionais. Para conhecer melhor essa realidade, e visto que existem certas lacunas informativas do povo indígena em estudo, é que esse projeto propõe-se refletir a respeito das relações de alteridade entre os Tukano, uma das etnias mais numerosas em Manaus, e os não indígenas (instituições, organizações, Estado, etc). Dito em outras palavras, trata-se de caracterizar e analisar a tipologia destas alteridades, associando a este conceito, a idéia de pessoa, de identidade enquanto relação ou vínculo, e as trocas simbólicas de diferente espécie que se constroem no campo das sociabilidades e os processos de gestão institucional, entre as agências parceiras e os Ye pá-mahsã, genericamente denominados como índios tukano.
Abstract: 
Keywords: alteridade
indios Ye'pá-mâha
Manaus.
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Humanas: Antropologia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Antropologia
Instituto de Ciências Humanas e Letras
metadata.dc.publisher.program: Programa PIBIC 2009
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1824
Issue Date: 29-Jul-2010
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.