Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1998
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Monitoramento da Qualidade da Água do Igarapé Esperança, Benjamin Constant(AM)
metadata.dc.creator: Suzete Aparicio
metadata.dc.contributor.advisor1: Leandro Ribeiro Monteiro
metadata.dc.description.resumo: O crescimento populacional associado à expansão urbana acelerada têm gerado uma progressiva redução da qualidade ambiental, os reflexos desse crescimento desordenado são evidentes na grande maioria dos aglomerados urbanos. Na cidade de Benjamin Constant (AM), o Igarapé Esperança, é um importante curso d água que corta os bairros Colônia e Centro, servindo como fonte de lazer e de abastecimento de água, para as famílias que vivem as suas margens. Nesse corpo d água já é evidente o processo de antropização das áreas de preservação permanente de suas margens, tendo dessa forma reflexo direto na qualidade da água que é despejada no Rio Javari.A descarga de esgotos domésticos, sem nenhum tratamento, tem sido identificada como uma das principais fontes de poluição ambiental em ambientes aquáticos, sobretudo em países em desenvolvimento (UNEP-GPA, 2006). A água é um recurso natural essencial, seja como componente bioquímico de seres vivos, como meio de vida de várias espécies vegetais e animais, como elemento representativo de valores sociais e culturais e até como fator de produção de vários bens de consumo final e intermediário (Brasil das Águas). Comunidades inteiras da região Amazônica padecem de problemas de saúde causados pela contaminação, falta de saneamento básico, presença do mercúrio usado nos garimpos e ainda pelo uso indiscriminado de agrotóxicos próximo a áreas de mananciais. Tudo isso ocorre porque muitos, mesmo diante da necessidade de conter o desperdício, ainda acreditam que a água é um recurso natural ilimitado. Apenas 59,80% dos domicílios urbanos contam com rede de água tratada (ORSELLI, O.T., 2008) Em Benjamin Constant(AM), apesar de situada as margens na maior bacio hidrográfica do mundo, grande parte da população que reside na sede do município sofre pela de falta de abastecimento de água tratada, dessa forma parte da população recorre a outras fontes como coleta da água das chuvas e a coleta direta nos igarapés.O presente estudo tem como objetivo principal avaliar a qualidade da água na bacia hidrográfica do Igarapé Esperança, tomando como referencia sua nascente dada sua importância para o abastecimento de água para grande parte da população da cidade de Benjamin Constant (AM). O estudo será desenvolvido ao longo da bacia hidrográfica do Igarapé Esperança, onde serão selecionados três pontos de amostragem: Ponto 01, próximo a nascente do igarapé/Ponto 02, próximo aos limites dos bairros Colônia e Centro/Ponto 03, na confluência do Igarapé Esperança com o rio Javari. Cada ponto de amostragem será georreferenciado com o uso de GPS. Para cada ponto de amostragem, serão feitas 12 coletas mensais de água. Será utilizado um kit com reagentes químicos para obtenção dos parâmetros físicos e químicos, será também feita analise microbiológica das amostras de água para determinação de coliformes totais ( fecais e salmonela) presentes nas amostras de água.
Abstract: 
Keywords: Amazônia
Qualidade da água
Benjamin Constant
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Conservacao de Solo e Agua
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituição Externa
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2010
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1998
Issue Date: 1-Jul-2011
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.