Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2007
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Análise do desenvolvimento inicial de diferentes progênies de Euterpe Oleraceae Mart.
metadata.dc.creator: Nonato Junior Ribeiro dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Manuel de Jesus Vieira Lima Junior
metadata.dc.description.resumo: O açaizeiro pode ser apontado como a palmeira de maior importância cultural, econômica e O açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.), palmácea nativa da Amazônia, tem se destacado economicamente pelo potencial mercadológico de seus produtos, representados, principalmente, pelo palmito e pelo suco extraído do fruto. O programa de melhoramento genético do açaizeiro para as condições de terra firme irrigado na Embrapa Amazônia Oriental é recente, e o método de seleção empregado tem sido os testes de progênies de polinização livre, que são úteis para os objetivos de seleção, melhoria genética e o estudo dos parâmetros genéticos. Estudos realizados por Farias Neto et al. (2005, 2007), empregando características vegetativas em açaizeiro, sugerem a existência de variabilidade entre e dentro de procedência/progênies. Entretanto, estimativas de parâmetros genéticos em viveiro envolvendo a espécie Euterpe oleracea Mart. inexistem na literatura. Com base nestas informações este trabalho tem como objetivo analisar o desenvolvimento inicial das mudas de 50 progênies de Euterpe Oleracea Mart., As mudas serão produzidas no viveiro florestal localizado na Universidade Federal do Amazonas. As sementes serão pré-germinadas em viveiro telado com 50% de sombrite, as mesmas serão semeadas em areia lavada e cobertas com uma camada de 2 cm de vermiculita. Após 45 dias de formação da plântula as mesmas serão repicadas e transportadas para sacos de polietileno preto. As mudas serão identificadas de acordo com as matrizes. Para avaliação do desenvolvimento das mudas serão determinados os seguintes parâmetros: O diâmetro do colo das mudas será medido com paquímetro (precisão de 0,05 cm) e a altura com régua graduada, tomando-se como padrão a gema terminal (meristema apical) e número de folhas. O delineamento experimental a ser utilizado, será blocos casualizados. O pomar será composto de 50 blocos e 20 parcelas. Cada bloco será formado por uma matriz e cada parcela irá conter 3 repetições. As progênies de Euterpe oleracea Mart. serão plantadas em um espaçamento de 3,0 x 3,0 m. Espera-se a partir deste projeto verificar a existencia de variabilidade génetica em mudas de açai.
Abstract: 
Keywords: Variabilidade Genética
Palmeira
Reml/Blup
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Silvicultura
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Ciências Florestais
Faculdade de Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2010
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2007
Issue Date: 1-Jul-2011
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.