Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2040
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: ANÁLISE FISICO-QUÍMICA DA CARNE DO CAMARÃO Macrobrachium amazonicum CAPTURADOS NO MUNICÍPIO ITACOATIARA (AM), REGIÃO DO MÉDIO AMAZONAS
metadata.dc.creator: Fabiani da Costa Cruz
metadata.dc.contributor.advisor1: Gustavo Yomar Hattori
Resumo: O camarão Macrobrachium amazonicum é uma espécie nativa da região norte do Brasil, que habita as áreas marginais de regiões alagadas pouco profundas; é capaz de resistir durante um longo período a situações adversas do meio ambiente como aumento da temperatura, redução do oxigênio e altos teores de salinidade. Esta espécie possui um excelente potencial pesqueiro podendo ser utilizado em cultivos, que além de atender as necessidades alimentícias das comunidades locais, possui um baixo investimento para início de cultivo e reduzido impacto ambiental. Há poucas informações a respeito da qualidade da carne desses animais e de seus componentes químicos e nutricionais bem como o teor de lipídeos, umidade e cinzas. O rendimento de carne é um dos parâmetros utilizado para verificar a viabilidade de uma comercialização em grande escala levando em consideração as diferenças biológicas entre machos e fêmeas. Para se determinar o tamanho ideal para a pesca e a produção de alimento de boa qualidade, torna-se necessário estabelecer o rendimento de uma espécie, que é definido como a proporção do peso total do animal e o peso de carne aproveitada para o consumo humano. O consumo regular do camarão Macrobrachium amazonicum pela população amazônica, faz com que informações relacionadas as características físico-químicas da carne desse crustáceo sejam importantes para melhorar a qualidade desse recurso pesqueiro. Os animais serão capturados no período de seca e cheia da Região do Médio Amazonas, no Município de Itacoatiara (AM). Os camarões serão mensurados e pesados para análise de rendimento. A carne obtida do rendimento será submetida a secagem em estufa a 105 oC para obtenção do teor de umidade. A partir da amostra seca será realizada a análise do teor de lipídeos. Os dados obtidos dessas variáveis serão comparados por ANOVA e posteriormente submetidos ao Teste de Tukey para verificar diferenças entre as médias. Estudos sobre os fatores abióticos e bióticos que possam vir influenciar no rendimento ou na composição química da carne dos camarões devem ser investigados, principalmente com relação à espécie Macrobrachium amazonicum, com intuito de aperfeiçoar o cultivo, comercialização e o melhor aproveitamento dessa espécie de camarão.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: Camarão, Rendimento de carne, Crustacea
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Biológicas: Zoologia Aplicada
Idioma: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia - Itacoatiara
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2010
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2040
Data do documento: 1-jul-2011
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.