Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2105
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: Estudo químico de uma linhagem de actinomiceto endofítico com atividade citotóxica isolada de Duguetia stelechantha
metadata.dc.creator: Laís Souza Menezes
metadata.dc.contributor.advisor1: Afonso Duarte Leão de Souza
Resumo: Os representantes da família Annonaceae tem importância econômica considerável e utilização na medicina tradicional. Dos gêneros que compõem esta família, 34 podem ser encontrados na América do Sul, incluindo o gênero Duguetia com 50 espécies. Entre os metabólitos secundários isolados de espécies de Annonaceae destacam-se vários flavonóides, acetogeninas, diterpenos e alcalóides benzilisoquinolínicos, com diversas atividades, incluindo antimicrobianas e antitumorais. Em 8 espécies de Duguetia foram isoladas 79 substâncias, a maioria alcalóides. São raros os relatos de pesquisas dos microrganismos associados a Annonaceae. Fungos e bactérias endofíticas, incluindo actinomicetos, ou simplesmente endófitos, são microrganismos que habitam pelo menos em um período de seus ciclos de vida no interior de um vegetal sem causar sintomas de infecção. Segundo relatos da literatura, existe uma extensa lista de produtos naturais de organismos endofíticos, com propriedades variadas, como antifúngicos, antivirais, antibióticos, inibidores de crescimento, anticâncer, nematocidas, inseticidas e antiinflamatórios, entre outros, o que dá uma idéia do potencial dos metabólitos produzidos por estes organismos para a indústria farmacêutica, cosmética, alimentícia e agronômica. Em ensaios preliminares, uma linhagem de actinomiceto endofítico isolada de Duguetia stelechantha apresentou excelentes atividades citotóxicas contra linhagens de células de cânceres humanos. No presente trabalho os extratos dessa linhagem serão investigados para se tentar identificar o princípio ativo citotóxico. Este projeto visa contribuir para o conhecimento do potencial bioativo, principalmente citotóxico, de microrganismos endofíticos de plantas medicinais da Amazônia, através do estudo dos metabólitos de um actinomiceto endofítico de Duguetia stelechantha. Ele justifica-se: pela importância de metabólitos de microrganismos endofíticos como fonte de novos medicamentos; pela urgência de estudos científicos que orientem o uso racional da diversidade biológica e a manutenção das espécies amazônicas; pelo potencial biotecnológico dos microrganismos endofíticos na solução de inúmeros problemas modernos; pelo potencial dos metabólitos dos endófitos de plantas medicinais da Amazônia, principalmente no tratamento do câncer; pela gravidade do câncer e conseqüentes sofrimentos de milhões de pessoas no Brasil e no mundo. Destaque-se que o custo de substâncias anticancerígenas é muito alto e o Brasil precisa investir na descoberta de alternativas mais acessíveis para os brasileiros, sendo os microrganismos uma das fontes naturais mais promissoras.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: actinomiceto endofítico
atividade citotóxica
Duguetia
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Exatas e da Terra: Quimica dos Produtos Naturais
Idioma: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Química
Instituto de Ciências Exatas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2010
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2105
Data do documento: 1-jul-2011
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.