Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2461
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: PRODUÇÃO E DECOMPOSIÇÃO DE FITOMASSA DE PLANTAS DE COBERTURA EM SOLO COMPACTADO POR TRÁFEGO DE MÁQUINA.
metadata.dc.creator: Romario Pimenta Gomes
metadata.dc.contributor.advisor1: Carlos Eduardo Pereira
metadata.dc.description.resumo: A compactação do solo pode ocasionar negativas alterações nos atributos do solo, limitando o desenvolvimento das plantas. Assim, o objetivo do trabalho é avaliar os efeitos da compactação do solo sobre a produção e decomposição de fitomassa de espécies de cobertura, além de verificar as alterações nos atributos químicos em um Cambissolo Háplico Alítico na região de Humaitá, AM. O experimento será instalado na área da fazenda experimental do Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente IEAA/UFAM no município de Humaitá-AM. O delineamento experimental utilizado será em blocos casualizados, em esquema fatorial 4 x 3, com três repetições. Serão avaliadas quatro culturas de cobertura, sendo duas espécies/cultivares de leguminosas: Crotalaria juncea L., Estilosante campo grande e duas de gramíneas: Pennisetum glaucum e Brachiaria brizhanta com três níveis de compactação: 0; 4 e 8 passadas de trator agrícola com massa total de 5 Mg. As leguminosas e gramíneas serão cultivadas em parcelas de 20 m2 (4 x 5 m), sendo semeadas com auxílio de semeadora na densidade indicada para cada espécie. O mecanismo sulcador do solo da semeadora será retirado para não eliminar os possíveis efeitos negativos da compactação, sendo utilizado somente o disco de corte do dosador de sementes. As coletas para análises químicas do solo serão realizadas nas seguintes profundidades do solo: 0,0-0,05 m, 0,05-0,10 m e 0,10-0,20 m, sendo que serão realizadas duas (2) coletas, uma antes do plantio das espécies, em cada parcela amostral, e a segunda coleta após a decomposição total das culturas no solo. Serão realizadas análises químicas de: cálcio, magnésio e alumínio trocáveis; potássio e fósforo disponíveis; acidez potencial; pH e carbono total. Para determinação da massa seca das plantas de cobertura, será coletada toda a parte aérea das plantas em uma área de 0,5 m2 (1,0m x 0,5m). Após a coleta, o material será colocado em estufa a 65ºC até peso constante para determinação da matéria seca da parte aérea. Nesta massa seca também serão analisadas as concentrações de nutrientes. Serão confeccionadas bolsas de decomposição (Litter bags) com 20 g de massa seca das plantas de cobertura. Em cada parcela serão distribuídas duas bolsas de forma aleatória na superfície do solo, e serão realizadas análises de decomposição dessas amostras em 30 e 90 dias após sua distribuição, para verificar a disponibilidade de nutrientes para o solo no tempo. Os dados obtidos no experimento serão analisados por meio da análise da variância e, quando significativa, será aplicado o teste de Tukey a 5%, para comparação de médias.
Abstract: 
Keywords: Gramínea
leguminosa
atributos químicos do solo e planta
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Agronomia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Agricultura e Ambiente - Humaitá
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2011
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2461
Issue Date: 31-Jul-2012
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.