Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2476
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Análise por eletroforese bidimensional do perfil proteico do plasma de pacientes com Leishmaniose Tegumentar america causada por leishmania (viannia) guyanensis antes e após tratamento com o antimoniato de N-Metilglucamina.
metadata.dc.creator: Sharala Kumari
metadata.dc.contributor.advisor1: Flávia Regina Almeida Campos Naief Moreira
metadata.dc.description.resumo: As leishmanioses são doenças infecto-parasitária causadas por protozoários tripanosomatídeos do gênero Leishmania. Uma das formas da doença, a Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) está entre as oito doenças infecto-parasitárias listadas como de maior importância pela Organização Mundial de Saúde e é de grande incidência em todo o Brasil. No estado do Amazonas, a maioria dos casos de LTA é causada por Leishmania (Viannia) guyanensis. A infecção por Leishmania normalmente, leva à indução de resposta imune complexa, caracterizada tanto por reações mediadas por células como pela produção de anticorpos. A natureza da resposta imune celular desempenha um papel fundamental na determinação da resposta imune humoral pela indução da produção de anticorpos de isotipos específicos de imunoglobulinas. O perfil da resposta imunológica na LTA difere na ativação de linfócitos T CD4+ Th1 ou Th2. No perfil Th1, há produção de citocinas ativadoras da imunidade mediada por células como o INF-γ, INF, IL-2 e IL12 e está relacionada a resistência do hospedeiro a infecção. A susceptibilidade a infecção esta relacionada a resposta tipo Th2, com citocinas do tipo IL-4, IL-5, IL-6, IL-10, TGF-, que promovem a resposta de anticorpos. Sabe-se que o perfil de isotipos de anticorpos produzidos na infecção por leishmania está relacionado a forma clínica da doença com alta produção de IgA, por exemplo, estando relacionado a forma mucosa. Altos índices de IgE estão relacionados a alta reatividade no teste de Montenegro, sugerindo que antígenos orientam a resposta T CD4+ para um perfil Th2. Na LTA, como em outras doenças infecciosas e parasitárias, o monitoramento da resposta de anticorpos contra antígenos envolvidos nos diferentes estágios da infecção pode fornecer informações valiosas que podem auxiliar na compreensão dos mecanismos de controle do sistema imune sobre os parasitas. Desta forma, fazem-se necessárias pesquisas visando detectar níveis os níveis séricos dos isotipos de imunoglobulinas (IgG, IgM, IgA e IgE) em amostras de soros de pacientes infectados por Leishmania (Viannia) guyanensis, proveniente do município de Manaus, estado do Amazonas, Brasil.
Abstract: 
Keywords: Leishmania (Viannia) guyanensis
imunoglobulinas
ELISA
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Biológicas: Bioquimica dos Microorganismos
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Ciências Fisiológicas
Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2011
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2476
Issue Date: 31-Jul-2012
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.