Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2572
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: ANÁLISE PETROGRÁFICA E PALEONTOLÓGICA DA FORMAÇÃO NOVO REMANSO NA REGIÃO DO BAIXO RIO NEGRO, AMAZONAS
metadata.dc.creator: Cyntia Beatriz da Costa Lima
metadata.dc.contributor.advisor1: Carlos Alejandro Salazar
Resumo: Nas últimas décadas, a identificação de unidades sedimentares neógenas tem sido motivo para controvérsias na carta estratigráfica da Bacia do Amazonas. O posicionamento estratigráfico destas unidades, que tem sido englobados informalmente na Formação Novo Remanso (Rozo 2004, Soares 2007), tem sido dificultado pela escassez de fósseis, tendo em vista o caráter geralmente arenoso e oxidado das unidades. Dados palinológicos obtidos da porção superior desta unidade permitiram posicioná-la no Mioceno Médio a Superior (Dino ET al. 2006). Nas regiões de Itacoatiara e Manacapuru, a leste e oeste de Manaus, respectivamente, esta unidade neógena é constituída de arenitos e pelitos, apresenta pouca espessura aflorante (15 a 20 m), sendo delimitada por superfícies de descontinuidades. Na margem esquerda do Rio Negro, ao sul de Manaus, ocorre uma unidade sedimentar de espessura decimétrica, sobreposta discordantemente à unidade cretácea (Formação Alter do Chão) que foi descrita no estudo de Barbosa (2011). Esta nova unidade pode ser correlacionada a Formação Novo Remanso, apesar da falta de dados de datação (absoluta e relativa). Em geral, apresenta aspecto descontínuo, sendo constituída de arenitos (finos a grossos) e pelitos de coloração cinza, com fósseis (folhas e troncos) e icnofósseis. As amostras de rochas sedimentares fossilíferas já foram coletadas em trabalho de campo realizado em 2009 e, apesar de parcialmente fragmentadas, apresentam estruturas celulares bem preservadas, assim como moldes e contra moldes de lenhos fósseis. Portanto, visando aumentar o conhecimento geológico e paleontológico da região do Baixo Rio Negro, este projeto de PIBIC visa a análise petrográfica e paleontológica dos arenitos e pelitos fossilíferos desta nova unidade sedimentar, visando entender os processos de sedimentação e paleoambiente desta unidade.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: Formação Novo Remanso
icnofósseis
Estratigrafia
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Exatas e da Terra: Ciencias Exatas e da Terra
Idioma: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Geociências
Instituto de Ciências Exatas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2011
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2572
Data do documento: 31-jul-2012
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.