Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2624
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Avaliação de alguns parâmetros físico-químicos utilizados para certificação da cadeia produtiva de óleos fixos de espécies oleaginosas produzidas em micro-usinas na Amazônia
metadata.dc.creator: Eliana Ramos de Lima
metadata.dc.contributor.advisor1: Nivea Cristina de Carvalho Guedes
metadata.dc.description.resumo: Na Amazônia Brasileira estima-se que cerca de 70 milhões de hectares estão aptos para o cultivo de oleaginosas sendo colocada como Políticas Públicas como um fator de inclusão social. No Estado do Amazonas, nove micro-usinas para extração mecânica de óleos vegetais de oleaginosas da Amazônia (andiroba, murumuru, buriti, babaçu, uricuri, cacau, cupuaçu, castanha de cotia, patauá, bacaba, etc), localizadas em oito municípios (Abonari, Amaturá, Carauari, Lábrea, Mamirauá, Manaquiri, Manicoré e Tabatinga). A capacidade total de produção e comercialização de óleo dessas micro-usinas, levando-se em consideração a capacidade do maquinário já instalado e o potencial de sementes nativas, poderá alcançar 600 toneladas anuais. Como resultado, cerca de 3 mil famílias estarão sendo beneficiadas diretamente com emprego e renda, face ao fato de que a cadeia produtiva das oleaginosas nativas da região demanda significativo contingente de mão-de-obra. Pelo lado dos produtores identifica-se a insuficiência de equipamentos para secagem e processamento de sementes; deficiência de logística das associações para a coleta de sementes nas comunidades produtoras e principalmente o controle de qualidade do produto. Este projeto faz parte do projeto multidiciplinar denominado Parque Tecnológico para Inclusão Social: rede de pesquisa, extensão e inovação tecnológica cujo objetivo está inserido no objetivo específico oito, o qual propõe incentivar a produção qualificada de espécies oleaginosas regionais, processamento de biodiesel e avaliação da aplicabilidade dos óleos fixos e voláteis na composição de produtos cosméticos seguros. Óleos fixos são ésteres de ácidos graxos e álcoois de cadeia longa, ou derivados afins. No entanto, maior parte desses constituintes pode oxidar em diferentes graus, sendo que os ácidos graxos insaturados são as estruturas mais suscetíveis a oxidação, além de sofrerem transformações químicas relacionadas aos processos de extração, transporte e/ou armazenamento. Quando os lipídios são expostos a fatores ambientais, como ar, luz, e temperatura, as reações de oxidação começam a produzir reações indesejáveis, como odor e sabor de ranço, descoloração e outras formas de deterioração. Com isso este projeto vem colaborar com tais conhecimentos, considerando que na região Amazônica a grande variedade de espécies oleaginosas são pouco conhecidas do ponto de vista científico e aplicação tecnológica. Para isso serão avaliados os 12 índices indicados pela farmacopéia Brasiléira, como: índice de acidez, índice de peróxido; índice de saponificação; índice de iodo, matéria insaponificável; índice de refração, ponto de fusão, densidade relativa, umidade e material volátil, impurezas insolúveis em éter,reação de Kreis e resíduo por incineração (cinzas), dentre os quais serão avaliados de acordo com cada coleta e extração, tais resultados nortearam a cadeia produtiva para uma possível certificação do produto.
Abstract: 
Keywords: óleos fixos, caracteriação química de óleos, oleaginosas
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Exatas e da Terra: Quimica Analitica
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia - Itacoatiara
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2011
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2624
Issue Date: 31-Jul-2012
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.