Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2636
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Maria Lucia Belém Pinheiro
dc.creatorHemilly Jessica Pereira da Silva
dc.date.accessioned2016-09-23T15:20:33Z-
dc.date.available2016-09-23T15:20:33Z-
dc.date.issued2012-07-31
dc.identifier.urihttp://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2636-
dc.description.abstractpt_BR
dc.description.resumoO uso de plantas medicinais pela população mundial tem sido muito significativo nos últimos anos. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que cerca de 80% da população mundial utiliza algum tipo de erva na busca do alívio de alguma sintomatologia dolorosa ou desagradável. A importância científica das pesquisas desenvolvidas nesta área se traduz pelos resultados obtidos com a consecução de seus objetivos imediatos . O crescente desenvolvimento de novas técnicas, como a cromatografia, e o constante aperfeiçoamento dos instrumentos de análise espectrométrica têm na química de produtos naturais, ao lado da bioquímica, sua principal força motora.Algumas plantas, além de apresentar atividade antimicrobiana contra microrganismos sensíveis, têm demonstrado eficácia contra linhagens resistentes a antibióticos, devido ao sinergismo existente entre as moléculas presentes em extratos de plantas. Uma metodologia muito utilizada na avaliação da atividade antimicrobiana de extratos é o método de difusão em agar, baseada na técnica de poço, por ser uma técnica simples e rápida, em que os resultados são obtidos em apenas 24 h, com medição do halo de inibição .A avaliação da atividade mutagênica de novos fármacos é importante para a introdução na terapêutica de compostos mais seguros para uso humano, visto que mutagenicidade é uma alteração abrupta em uma única célula, permanente e herdada pelas células filhas. O teste de Ames é um dos preconizados pelas agências internacionais e instituições governamentais . O projeto objetiva a avaliação de óleos essenciais quanto aos perfis químicos das espécies Guatteria citriodora, Cyperus rotundus, Piper peltata, ocorrentes na Região Amazônica, nas diferentes estações de estiagem e chuvosa, além do estudo das propriedades antimicrobianas através de bioautografia e Concentração Inibitória Mínima (CIM) e da atividade mutagênica por meio do Teste de Ames.pt_BR
dc.description.sponsorshipCNPQpt_BR
dc.formatPDF
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Amazonaspt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentQuímicapt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências Exataspt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA PIBIC 2011pt_BR
dc.publisher.initialsUFAMpt_BR
dc.rightsAcesso Restritopt_BR
dc.subjectatividades biológicas, óleos essenciais
dc.subject.cnpqCiências Exatas e da Terra: Quimica dos Produtos Naturaispt_BR
dc.titlePerfis Químicos e Atividades Biológicas de Óleos Essenciais da Flora Amazônicapt_BR
dc.typeRelatório de Pesquisapt_BR
dc.pibic.cursoQuímica - Licenciaturapt_BR
dc.pibic.tipobolsa
dc.pibic.nrprojetoPIB-E/0180/2011
dc.pibic.projetoPerfis Químicos e Atividades Biológicas de Óleos Essenciais da Flora Amazônica
dc.pibic.dtinicio2011-08-01
dc.pibic.dtfim2012-07-31
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.