Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2895
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Fernando Luiz Westphal
dc.creatorMarcelo Pires de Campos Linardi
dc.date.accessioned2016-09-23T15:23:38Z-
dc.date.available2016-09-23T15:23:38Z-
dc.date.issued2012-07-31
dc.identifier.urihttp://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2895-
dc.description.abstractpt_BR
dc.description.resumoO trauma torácico está envolvido em significativa morbidade de politraumatizados, visto que seus órgãos estão diretamente envolvidos na ventilação e oxigenação. A drenagem torácica constitui um tratamento definitivo bastante eficaz em casos de pneumotórax hipertensivo e hemotórax maciço. O dreno, inserido no quinto espaço intercostal, entre as linhas axilares anterior e média, drena ar, em caso de pneumotórax, e sangue, em caso de hemotórax, descomprimindo, assim, o espaço interpleural, e possibilitando o retorno à pressão torácica negativa, fundamental para a ventilação eficiente e, por conseguinte, oxigenação pulmonar. Indicações de retirada do dreno levam em conta a melhora clínica do paciente, radiografias de tórax que evidenciem a evolução positiva do quadro, volume drenado, além do aspecto do líquido drenado e/ou ausência de borbulhamento por um período superior a 24 horas. O dreno pode ser retirado em dois momentos: inspiração ou expiração. A presente pesquisa visa suprir a relativa carência de estudos comparativos entre os dois momentos de retirada do dreno de tórax, no que diz respeito à presença de dor torácica, pneumotórax e hemotórax residuais após sua retirada, utilizando-se como amostra os pacientes vítimas de traumatismo torácico e submetidos à drenagem fechada de tórax, no período de duração deste projeto de pesquisa, no Hospital Pronto Socorro Dr. Aristóteles Platão Bezerra de Araújo e no Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto, localizados na cidade de Manaus AM.pt_BR
dc.description.sponsorshipCNPQpt_BR
dc.formatPDF
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Amazonaspt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentHosp. Universt. Getúlio Vargaspt_BR
dc.publisher.departmentpt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA PIBIC 2011pt_BR
dc.publisher.initialsUFAMpt_BR
dc.rightsAcesso Restritopt_BR
dc.subjectdrenagem de tórax
dc.subjectretirada do dreno
dc.subjectcomplicações
dc.subject.cnpqCiências da Saúde: Medicinapt_BR
dc.titleAvaliação das Complicações Relacionadas às Técnicas de Retirada do Dreno em Pacientes com Trauma Torácico Submetidos à Drenagem Fechada de Tóraxpt_BR
dc.typeRelatório de Pesquisapt_BR
dc.pibic.cursoMedicinapt_BR
dc.pibic.tipobolsa
dc.pibic.nrprojetoPIB-S/0074/2011
dc.pibic.projetoAvaliação das Complicações Relacionadas às Técnicas de Retirada do Dreno em Pacientes com Trauma Torácico Submetidos à Drenagem Fechada de Tórax
dc.pibic.dtinicio2011-08-01
dc.pibic.dtfim2012-07-31
dc.contributor.colaboradorHenrique Martins dos Santos Filho
dc.contributor.colaboradorVanessa Lins de Menezes
dc.contributor.Lattes
dc.contributor.Lattes
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.