Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2927
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: A INFLUÊNCIA DO ASPECTO TÁTICO-COGNITIVO NA REALIZAÇÃO DE AÇÕES OFENSIVAS NA MODALIDADE DE HANDEBOL
metadata.dc.creator: Elias Barbosa de França Júnior
metadata.dc.contributor.advisor1: Lucidio Rocha Santos
metadata.dc.description.resumo: O handebol é uma modalidade bastante praticada pelo mundo todo, no Brasil suas maiores repercussões se encontram no âmbito escolar e universitário. Ao assistirmos um jogo de handebol nos dias atuais, percebe-se que vem ocorrendo uma grande evolução no jogo que era jogado há 10 anos, isso sem contar as mudanças sofridas desde o início do seu surgimento, como local onde se era jogado (campo), regras, etc. No decorrer dessa evolução os jogadores vêm procurando, a cada jogo, ações que sejam as mais eficazes possíveis. Com isso, o handebol tem se tornado mais rápido e competitivo, fruto do aumento do rendimento dos atletas, tanto no nível físico e cognitivo, o que requer pensar em soluções ao problema do jogo no menor tempo possível e executar tais ações em curto espaço e em frações de segundo. O aspecto físico é facilmente verificado durante a partida, por exemplo, é a capacidade do atleta de correr, saltar, arremessar, etc. O aspecto cognitivo é traduzido pela capacidade de: percepção, atenção, antecipação, memória e tomada de decisão. Quando um atleta realiza a tomada de decisão, ele automaticamente já passou pelas outras características já citadas, em relação ao aspecto cognitivo. A tomada de decisão supõe o processo de selecionar uma reposta em um ambiente de múltiplas respostas possíveis (Sanfey, 2007 citado em Cognição e Ação nos Jogos Esportivos Coletivos; Greco e Matias) e consiste em determinar as possibilidades de sucesso ao se analisar certos resultados entre diferentes possibilidades, para a solução daquele problema, imposto pela situação. O objetivo deste estudo é avaliar quanto o aspecto cognitivo pode influenciar durante o jogo, nas ações dos atletas, utilizando o Teste de Conhecimento Tático Declarativo no Handebol TCTD: Hb. O mesmo consta de situações que o atleta encontra durante o jogo e serão apresentadas em forma de slides. O teste será aplicado em atletas infantis (12-13 anos), cadete(14-15 anos), juvenis (16-17 anos) dos clubes federados na cidade de Manaus, escolhidos aleatoriamente.
Abstract: 
Keywords: Handebol
Aspecto Cognitivo
Atletas
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências da Saúde: Educacao Fisica
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Educação Física e Fisioterapia
Faculdade de Educação Física e Fisioterapia
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2011
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2927
Issue Date: 31-Jul-2012
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ELIAS_FRANÇA-PIBIC_-_Relatorio_(1).pdf498,23 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.