Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2933
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisor1Cleinaldo de Almeida Costa
dc.creatorFernanda Sausmikat Nóbrega Alencar
dc.date.accessioned2016-09-23T15:23:46Z-
dc.date.available2016-09-23T15:23:46Z-
dc.date.issued2012-07-31
dc.identifier.urihttp://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2933-
dc.description.abstractpt_BR
dc.description.resumoO diabetes melito (DM) constitui uma síndrome de etiologia múltipla caracterizada por deficiência absoluta ou relativa de ação insulínica, resultando em um estado de hiperglicemia crônica, freqüentemente acompanhada de hipertensão arterial, dislipidemias e disfunção endotelial. É uma doença prevalente mundialmente, sendo que, metade das pessoas acometidas desconhece o diagnóstico, configurando atualmente a sexta maior causa de mortalidade no Brasil. Dentre as diversas complicações agudas e crônicas da doença, os transtornos em extremidades inferiores do diabético representam a maior parte delas, resultando em gangrena e conseqüentemente levando à amputação, ocasionando elevado custo ao sistema público de saúde por necessidade de suporte operatório, medicações, recursos humanos multidisciplinares e ocupação de leitos hospitalares. No Brasil os custos superam 10 milhões de dólares por ano, sendo que mais da metade desta quantia poderia ser utilizada se implementadas estratégias básicas de prevenção primária como diagnóstico precoce do pé em risco e educação dos doentes, acompanhamento contínuo com registro dos doentes em programas específicos e eficazes, além de uma abordagem multidisciplinar das lesões. Diante de tal exposição, um estudo prospectivo de 200 doentes internados pelo Serviço de Cirurgia Vascular do Hospital 28 de Agosto (HPS28AG), Hospital pronto-socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado (HPSDJLPM) e Hospital Platão Araújo (HPSPA) que apresentarem com lesão podal não traumática entre Agosto de 2011 a Julho de 2012 permitirá o delineamento do perfil epidemiológico, apresentação clínica inicial e o atendimento primário dos doentes com pé diabético. Partindo desse pressuposto, a obtenção de dados quanto ao sexo, idade, tipo de Diabetes melito(DM), precedência, escolaridade, renda familiar mensal média, duração da doença até a primeira lesão podal, apresentação clínica inicial da lesão segundo a classificação de Wagner, regime de tratamento, controle glicêmico e pressóricos arteriais, e a classificação dos procedimentos mutilantes possibilitarão o desenvolvimento de estudo e prevenção das complicações relacionadas ao pé diabético e quantificar o número de amputações relacionadas ao diabetes melito na cidade de Manaus.pt_BR
dc.description.sponsorshipFAPEAMpt_BR
dc.formatPDF
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Amazonaspt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentClínica Cirúrgicapt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências da Saúdept_BR
dc.publisher.programPROGRAMA PIBIC 2011pt_BR
dc.publisher.initialsUFAMpt_BR
dc.rightsAcesso Restritopt_BR
dc.subjectDiabetes melito
dc.subjectpé diabético
dc.subjectamputação.
dc.subject.cnpqCiências da Saúde: Cirurgiapt_BR
dc.titlePerfil dos doentes portadores de pé diabético atendidos nos pronto-socorros de Manaus-AM.pt_BR
dc.typeRelatório de Pesquisapt_BR
dc.pibic.cursoMedicinapt_BR
dc.pibic.tipobolsa
dc.pibic.nrprojetoPIB-S/0128/2011
dc.pibic.projetoPerfil dos doentes portadores de pé diabético atendidos nos pronto-socorros de Manaus-AM.
dc.pibic.dtinicio2011-08-01
dc.pibic.dtfim2012-07-31
dc.contributor.colaboradorRenan Jackmonth da Costa Lugo Ziegler
dc.contributor.Lattes
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.