Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2936
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: Desenvolvimento de pastagem de capim-braquiária em rotação de culturas e solo compactado.
metadata.dc.creator: Romario Pimenta Gomes
metadata.dc.contributor.advisor1: Anderson Cristian Bergamin
Resumo: A compactação dos solos nos últimos anos vem se tornando fator limitante ao aumento da produtividade e a sustentabilidade dos sistemas produtivos, sendo a rotação de culturas uma alternativa importante para minimizar esse problema. Assim, o objetivo deste trabalho é avaliar o desenvolvimento de pastagem de capim-braquiária (Brachiaria brizantha cv. Xaraés) cultivada em rotação de culturas e solo compactado na região de Humaitá, AM. O experimento será instalado em um Cambissolo Háplico Alítico plíntico, com delineamento experimental de blocos casualizados, em esquema fatorial 3 x 3, com três repetições, totalizando 27 parcelas amostrais. Será avaliado o desenvolvimento do capim-braquiária (cv. Xaraés) sobre três culturas, sendo: Crotalária (Crotalaria juncea, L.); Estilosante campo grande (Stylosanthes capitata e S. macrocephala) e Braquiarão (Brachiaria brizantha); e três estados de compactação: (C1) 0, (C2) 4 e (C3) 8 passadas de um trator agrícola. Sendo que a implantação do capim-braquiária será realizada com auxílio de uma semeadora, sendo que o mecanismo sulcador do solo será retirado para não eliminar os possíveis efeitos negativos da compactação. As parcelas medirão 5 m de comprimento e 4 m de largura, perfazendo uma área total de 20 m2. As coletas de solo com estrutura preservada para as análises físicas serão realizadas por meio de anel volumétrico com 4,0 cm de altura e 4,05 cm de diâmetro, nas profundidades de: 0,0 0,05 m, 0,05 0,10 m e 0,10 0,20 m, sendo que serão realizadas duas coletas, antes da semeadura do capim-braquiária e no início do florescimento da cultura. Serão determinados com os anéis volumétricos a densidade do solo, macroporosidade, microporosidade, porosidade total e resistência do solo à penetração. Também será determinada a estabilidade de agregados via úmida, utilizando como índices de estabilidade o diâmetro médio geométrico e o diâmetro médio ponderado. Será realizada a caracterização granulométrica do solo e determinado a densidade de partículas. Para caracterização química do solo será feito uma coleta de solo com estrutura alterada por meio de trado holandês. Quanto ao capim-braquiária será determinado o número de perfilhos por meio da contagem do número total de perfilhos das plantas no início do florescimento em uma área de 0,5 m2 (1,0m x 0,5m). Nessa mesma área será coletada toda a parte aérea das plantas. Após a coleta, o material será colocado em estufa a 65ºC até peso constante para determinação da massa seca da parte aérea. Os resultados serão extrapolados para um hectare e apresentados em kg ha-1. Também será determinada a massa seca de folhas expandidas (lâmina foliar) e massa seca de hastes (colmo + bainha). Os dados obtidos no experimento serão analisados por meio da análise da variância e, quando significativa, será aplicado o teste de Tukey a 5%, para comparação de médias.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: Atributos físicos
Massa seca de planta
Resistência do solo
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Agrárias: Fisica do Solo
Idioma: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Agricultura e Ambiente - Humaitá
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2012
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2936
Data do documento: 31-jul-2013
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.