Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2965
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Antonio Jose Inhamuns da Silva
dc.creatorEuclides Luis Queiroz de Vasconcelos Santos
dc.date.accessioned2016-09-23T15:24:40Z-
dc.date.available2016-09-23T15:24:40Z-
dc.date.issued2013-07-31
dc.identifier.urihttp://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2965-
dc.description.abstractpt_BR
dc.description.resumoA redução da abundância dos recursos pesqueiros é atualmente um problema considerável para as indústrias de pescado. Para garantir o fornecimento de matéria-prima, algumas empresas do setor começam a investir na piscicultura como forma de regulação dos estoques. A piscicultura no Estado do Amazonas concentra sua produção principalmente sobre o tambaqui e o matrinxã, os quais possuem muitas espinhas no músculo dorsal. Para que a indústria local possa utilizar amplamente o peixe oriundo da piscicultura, novas formas de aproveitamento devem ser incorporadas às linhas de processamento desses estabelecimentos industriais. O picadinho de peixes ou minced fish pode ser uma alternativa para o aproveitamento integral de espécies com grande quantidade de espinhas. A carne de pescado separada mecanicamente permite a extração não só do músculo dorsal (filé) como também de toda a musculatura abdominal, aumentando assim o rendimento do produto final. O minced é matéria-prima para a produção de surimi , uma pasta a base de peixe com grande capacidade de formar géis, muito utilizada na produção de imitações de carne de caranguejo e camarões, por exemplo, e que serve para a elaboração de uma gama de produtos de pescado dentre os quais podem ser citados os fishburguer s, linguiças, salsichas, bolinhos, quibes, empanados, etc. A qualidade e o preço do surimi são medidos por meio da sua capacidade em formar géis fortes e elásticos. O gel forte é chamado Suwari e o gel fraco é denominado modori . O fenômeno do modori ocorre em várias espécies de peixes de águas frias pela grande quantidade de enzimas endógenas (proteases termoestáveis) que são ativadas durante o aquecimento lento do gel a 60 oC e que promovem a ruptura da rede protéica pela rápida degradação da miosina. Esta pesquisa tem como objetivo elucidar os mecanismos da geleificação em espécies de peixes tropicais da Amazônia e solucionar os problemas ocasionados pela ativação de proteases termoestáveis no processamento do surimi de matrinchã durante sua estocagem sob congelamento.pt_BR
dc.description.sponsorshipCNPQpt_BR
dc.formatPDF
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Amazonaspt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCiências Pesqueiraspt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências Agráriaspt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA PIBIC 2012pt_BR
dc.publisher.initialsUFAMpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPescado de água doce, aquicultura, carne reestruturada
dc.subject.cnpqCiências Agrárias: Ciencia e Tecnologia de Alimentospt_BR
dc.titleAvaliação do uso de crioprotetores na estabilidade do surimi de matrinxã (Brycon amazonicus) sob congelamentopt_BR
dc.typeRelatório de Pesquisapt_BR
dc.pibic.cursoEngenharia de Pescapt_BR
dc.pibic.tipobolsa
dc.pibic.nrprojetoPIB-A/0050/2012
dc.pibic.projetoAvaliação do uso de crioprotetores na estabilidade do surimi de matrinxã (Brycon amazonicus) sob congelamento
dc.pibic.dtinicio2012-08-01
dc.pibic.dtfim2013-07-31
dc.contributor.colaboradorEYNER GODINHO DE ANDRADE
dc.contributor.Lattes
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Relatório_Final_PIBIC_2012-2013-_Euclides_Luis.pdf422,34 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.