Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3036
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Thais Billalba Carvalho
dc.creatorFlavia Cuadal Coimbra
dc.date.accessioned2016-09-23T15:25:01Z-
dc.date.available2016-09-23T15:25:01Z-
dc.date.issued2013-07-31
dc.identifier.urihttp://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3036-
dc.description.abstractpt_BR
dc.description.resumoA manutenção de animais em cativeiro (ambiente com limitação de estímulos) pode desencadear alterações fisiológicas e comportamentais devido ao aumento da condição estressora. Dessa forma, o enriquecimento ambiental para roedores mantidos em laboratórios pode prover melhor estado de saúde, desempenho corporal e reprodutivo. Este projeto tem por objetivo testar o efeito do enriquecimento ambiental sobre parâmetros comportamentais e fisiológicos indicadores de bem estar em camundongos C57BL/6 alojados no Biotério Central da UFAM. Além disso, pretende-se testar a eficiência do uso de um produto regional amazônico (cabaça- Lagenaria siceraria) como artefato para enriquecimento ambiental e, consequentemente, redutor do estresse decorrente da condição de cativeiro. Para isso, os animais serão submetidos a três tratamentos experimentais (n=10): 1- controle: animais alojados em gaiola sem enriquecimento ambiental; 2- acrílico: animais alojados em gaiola com uma estrutura no formato de iglu em acrílico; 3- cuia: animais alojados em gaiola com cuia de cabaça. Cada grupo será formado por quatro indivíduos adultos (um macho e três fêmeas) mantidos durante 60 dias, sendo avaliada a interação agonística, a ingestão alimentar, a taxa de locomoção, o ciclo sono-vigília, índices reprodutivos, comportamentos estereotipados e parâmetros fisiológicos (glicemia, parâmetros hematológicos, crescimento, índices hepatossomático e gonadossomático). Antes do agrupamento, no trigésimo e no final do experimento serão realizadas coletas de sangue por punção caudal. O comportamento será registrado a cada 72 horas de agrupamento (30 minutos / dia) e no final os animais serão dissecados para retirada de fígado e gônadas. Assim, será possível avaliar se o enriquecimento trará benefícios aos animais, tendo por finalidade diminuir o estresse, reduzindo a exibição de comportamentos anormais e aumentando seu sucesso reprodutivo.pt_BR
dc.description.sponsorshipFAPEAMpt_BR
dc.formatPDF
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Amazonaspt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCiências Fisiológicaspt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências Biológicaspt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA PIBIC 2012pt_BR
dc.publisher.initialsUFAMpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectestresse
dc.subjectroedor
dc.subjectcativeiro
dc.subject.cnpqCiências Biológicas: Comportamento Animalpt_BR
dc.titleEfeito do enriquecimento ambiental sobre o bem estar de camundongos alojados no Biotério Central da UFAMpt_BR
dc.typeRelatório de Pesquisapt_BR
dc.pibic.cursoZootecniapt_BR
dc.pibic.tipobolsa
dc.pibic.nrprojetoPIB-B/0051/2012
dc.pibic.projetoEfeito do enriquecimento ambiental sobre o bem estar de camundongos alojados no Biotério Central da UFAM
dc.pibic.dtinicio2012-08-01
dc.pibic.dtfim2013-07-31
dc.contributor.colaboradorALESSANDRA ALVES DA SILVA
dc.contributor.Lattes
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File SizeFormat 
PIB-B_0051_2012-_relatório_final.pdf918,97 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.