Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3135
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Estudo das propriedades químicas da água de chuva coletada na UFAM em Manaus
metadata.dc.creator: Karenn Silveira Fernandes
metadata.dc.contributor.advisor1: Cristine de Mello Dias Machado
metadata.dc.description.resumo: A chuva é um componente essencial no ciclo hidrológico e é a principal forma pela qual a água retorna da atmosfera para o solo e corpos hídricos, removendo diversos compostos químicos da atmosfera. O estudo da água da chuva pode fornecer indícios sobre as características da atmosfera e também auxiliar a compreender os efeitos de sua deposição no ambiente como, por exemplo, saturação de nutrientes ou eutrofização, acidificação/alcalinização, contaminação por metais impactantes ou por substâncias tóxicas e carcinogênicas, entre outros. A precipitação atmosférica natural apresenta caráter levemente ácido. No entanto, tem-se observado redução dos valores de pH, bem como alterações na sua composição química, em alguns locais do mundo. A medida de pH e de outras propriedades químicas, além da determinação da composição química da chuva pode indicar o grau de acidez e de poluentes presentes na atmosfera, sendo possível inferir sobre suas principais fontes. O objetivo desta proposta é investigar parâmetros químicos e físico-químicos da chuva do Campus senador Arthur Virgilio Filho, em Manaus. A área verde do campus é considerada a terceira maior do mundo e a primeira do Brasil em perímetro urbano (fragmento contínuo) (UFAM, 2001). No seu entorno encontram-se conjuntos habitacionais, vias de tráfego intenso e parte do Distrito Industrial de Manaus, atividades antrópicas que emitem diversas substâncias para atmosfera local. Como a chuva pode conter substâncias transportadas de regiões distantes, espera-se caracterizar neste primeiro momento a precipitação nesta área verde quanto à acidez, presença de espécies iônicas, material orgânico e metais traço impactantes (Ex: Fe, Zn, Pb, Ni, Cu e Cr). A qualidade dos resultados das análises químicas requer uma limpeza criteriosa do material utilizado, inclusive os materiais para a coleta das amostras. A determinação do pH e da condutividade será feita utilizando-se pHmetro e condutivímetro, respectivamente, com correção de temperatura. Os metais traço serão quantificados por espectroscopia de absorção atômica com atomização eletrotérmica em forno de grafite. Um analisador de carbono será utilizado para determinar a quantidade de carbono orgânico dissolvido. Para o tratamento dos dados será feita uma correção em função do volume da amostra de chuva (média ponderada pelo volume - MPV). Os resultados serão analisados de forma a obter informações sobre as características da chuva, as fontes das espécies químicas determinadas e sobre os possíveis efeitos de sua deposição na área do Campus senador Arthur Virgilio Filho.Este projeto visa continuar aos trabalhos propostos no projeto PIBIC 2011-2012 (PIB-E/0161/2011).
Abstract: 
Keywords: água de chuva
metais
carbono orgânico total
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Exatas e da Terra: Quimica da Atmosfera
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Química
Instituto de Ciências Exatas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2012
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3135
Issue Date: 31-Jul-2013
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RELATÓRIO_FINAL.pdf313,47 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.