Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3142
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Desenvolvimento de reator com aquecimento por radiação de microondas para produção de poliuretanos sem isocianatos (NIPU)
metadata.dc.creator: Eron Lopes Serrão Filho
metadata.dc.contributor.advisor1: Rodrigo Biscaro Nogueira
metadata.dc.description.resumo: As microondas, radiação eletromagnética não-ionizante, tem sido largamente utilizada em pesquisas para melhorar o rendimento e seletividade de reações químicas [1], gerando produtos inovadores e com características bastante diferentes comparados as mesmas sínteses realizadas através de aquecimento convencional (aquecimento por condução a partir de uma fonte de calor). Um grande número de sínteses orgânicas vem sendo realizado utilizando aquecimento por radiação de microondas com resultados bastante inovadores. Uma síntese promissora utiliza aquecimento por microondas para produção de ciclocarbonatos a partir de resinas epóxi e CO2. A importância desta síntese reside na utilização dos ciclocarbonatos para obtenção de poliuretanos (PU) verdes (PU sem isocianato NIPU), uma rota sintética inovadora sem a utilização de isocianatos tóxicos e com a fixação de CO2 em um material polimérico [1]. Com a reação de cicloadição de CO2 ao grupo oxirano de uma resina epóxi obtém-se os carbonatos cíclicos, os quais reagem com diaminas para gerar poliuretanos sem isocianato (NIPU). Os polímeros formados apresentam grande versatilidade de aplicações, podendo apresentar propriedades características dependendo da resina epóxi e da diamina utilizadas. O projeto tem grande importância para a vivência do aluno de engenharia na construção de um produto, passando por todas as fases de elaboração e construção de um reator, inserindo-o no meio científico e tecnológico com o desenvolvimento de tecnologia inovadora. O estudo proposto prevê a síntese de poliuretanos (PU) utilizando reator com aquecimento por microondas e controle dos parâmetros de síntese (temperatura, pressão, tempo, gaseificação, ...) através de uma rota sintética inovadora sem a utilização de isocianatos. A toxidade dos isocianatos utilizados nos PU convencionais torna o processo de produção tóxico, além de impedir a utilização destes PU em produtos nobres, devido à toxidade do isocianato residual no polímero. O que requer estudos para monitoramento dos efeitos dos parâmetros e da otimização do processo. O outro aspecto de grande interesse deste estudo, dentro da química verde, reside na obtenção de polímeros utilizando o CO2 como insumo, portanto, uma forma de fixação de gases de efeito estufa. Logo, é possível obter PU sem a toxidade do isocianato (tanto no processo como no produto), com a fixação de CO2 em um material polimérico e com propriedades específicas (dependendo dos reagentes utilizados).
Abstract: 
Keywords: Poliuretano (NIPU)
Isocianato
Microondas
metadata.dc.subject.cnpq: Engenharias: Polimeros
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia - Itacoatiara
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2012
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3142
Issue Date: 31-Jul-2013
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.