Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3479
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: ANÁLISE DA MICROINFILTRAÇÃO MARGINAL EM RESTAURAÇÕES CLASSE V APÓS CLAREAMENTO DENTAL
metadata.dc.creator: Natascha Penutt Borges
metadata.dc.contributor.advisor1: Patricia Pinto Lopes
metadata.dc.description.resumo: O clareamento dental é uma técnica que tem por finalidade a melhora na aparência estética dos dentes e por isso tem se tornado um dos procedimentos mais utilizados na atualidade. Este procedimento é realizado a partir de duas técnicas com diferentes concentrações de peróxido sendo a técnica de consultório,à base de peróxido de hidrogênio(20-38%), a mais eficaz e segura opção de tratamento. Muitos dos pacientes que tem realizado tratamento clareador possuem restaurações em resina composta e estudos tem observado graves alterações no material restaurador, como a microinfiltração marginal. Os mecanismos com que os peróxidos atuam no processo de clareamento não são completamente compreendidos, mas especula-se que envolvem uma reação de oxi-redução, na qual as moléculas de peróxido de hidrogênio se quebram formando radicais livres de oxigênio, hidrogênio e peridroxil, que provocarão a quebra sucessiva das macromoléculas de pigmentos, transformando-as em moléculas menores, que são eliminadas da estrutura dental por um processo de difusão, promovendo o clareamento dental. Estudo in vitro da avaliação dos efeitos do clareamento dental á base de peróxido de hidrogênio a 35% na microinfiltração marginal de restaurações com resina composta nanoparticulada. Neste teste serão selecionados dentes bovinos no qual realizaremos preparos de cavidades tipo Classe V de dimensões padronizadas de acordo com BANDEIRA;HIRAISHI 2009. A partir disso os dentes serão divididos em dois grupos de acordo com o tipo de sistema adesivo, onde serão utilizados os adesivos Adper Singe Bond® e Adesivo Ambar® com resina composta Z350 da 3M,através da técnica incremental. Após o processo restaurador estes dentes serão polidos e preparados para serem submetidos ao tratamento clareador utilizando-se o produto Whiteness HP®, 8 horas por dia durante 3 semanas e armazenados em uma solução de saliva artificial a 37°C em um umidificador. Posteriormente, os dentes serão submetidos ao teste de microinfiltração. Seguindo, ocorrerá a penetração do agente traçador será inspecionada através de lupa estereoscópica Zeiss onde serão catalogadas em graus de penetração do corante na interface esmalte/restauração ou dentina/restauração das paredes oclusais e cervicais respectivamente. Os critérios para análise dos graus de infiltração do corante foram os mesmos preconizados por RETIEF; DENYS, em 1989; PORTO NETO, em 1990; e DUARTE JUNIOR, em 1994. Os resultados irão ser submetidos ao índice Kappa para analisar a concordância inter-observador (VIEIRA, 2004; ARANGO, 2001) a fim de definir a confiabilidade e reprodutibilidade da pesquisa. Os valores serão submetidos ao teste estatístico de distribuição amostral para verificar a normalidade da amostra, para então ser realizado o teste estatístico paramétrico e não paramétrico.
Abstract: 
Keywords: Resina Composta
Adesivo Dentinário
Clareamento Dental
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências da Saúde: Odontologia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Odontologia
Faculdade de Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2012
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3479
Issue Date: 31-Jul-2013
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RELATÓRIO_FINAL_PIBIC_2013.pdf562,5 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.