Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3547
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Propagação de Aciotis circaeifolia (Melastomataceae) por sementes e por estaquia em diferentes substratos e concentrações de ácido indolbutírico
metadata.dc.creator: Carla Figueiredo Coelho
metadata.dc.contributor.advisor1: Ari de Freitas Hidalgo
metadata.dc.description.resumo: Aciotis circaefolia é uma espécie de ocorrência comum na cidade de Manaus, em geral encontrada em ambientes parcialmente sombreados e com solos úmidos, sendo mais frequente no período chuvoso. Suas folhas crocantes e ligeiramente azedas fazem desta espécie uma hortaliça folhosa em potencial, podendo ser usada em saladas frias. A ausência de informações não permite o seu cultivo em escala comercial. Este trabalho objetiva gerar informações básicas sobre a propagação sexuada e assexuada da espécie, visando o seu cultivo por pequenos e médios produtores de hortaliças. O trabalho será desenvolvido em viveiro telado. As sementes serão obtidas de frutos colhidos maduros, lavadas e colocadas para secar à sombra. A germinação será testada em vermiculita, latossolo amarelo, areia lavada e Bioplant®, em bandejas de poliestireno expandido. A avaliação será diária, considerando a emergência da plântula no substrato. Serão avaliadas a porcentagem de germinação e o Índice de Velocidade de Emergência (IVE). O delineamento será inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e cinco repetições de 20 sementes. Os resultados serão submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey (0,05). Quatro repetições de 20 sementes serão semeadas em caixas Gerbox com papel de filtro umedecido. Para avaliar a propagação assexuada, serão obtidas estacas de 12 cm contendo uma folha, as quais serão imersas em solução de Ácido Indolbutírico (0; 250, 500, 1000 e 2000 mg.L-1) por cinco segundos. As estacas serão plantadas em copos plásticos de cor branca com vermiculita e areia lavada. O delineamento experimental será o inteiramente casualizado, em arranjo fatorial de 5 X 2, com cinco repetições e 10 estacas por parcela. As avaliações serão realizadas 60 dias após a instalação do ensaio, considerando-se a porcentagem de enraizamento, número de raízes/estaca, comprimento médio das raízes e biomassa seca das raízes. Os resultados serão submetidos à análise de variância e as médias serão comparadas pelo teste Tukey (0,05).
Abstract: 
Keywords: Propagação
germinação
fitormônio
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Agronomia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Produção Animal e Vegetal
Faculdade de Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2013
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3547
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.