Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3579
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Avaliação da produtividade de forrageiras sob diferentes doses de adubação nitrogenada consorciada ao Paricá Schizolobium parahyba sp.
metadata.dc.creator: Arthur Tavares de Seixas
metadata.dc.contributor.advisor1: Emanuel Orestes da Silveira
metadata.dc.description.resumo: A integração-lavoura-pecuária-floresta (ILPF) pode intensificar o uso da terra em consonância a preservação dos recursos naturais, em sinergismo entre os componentes solo planta animal trazendo melhorias nas propriedades químicas físicas e biológicas do solo, quebra do ciclo de doenças, pragas e plantas daninhas, redução dos riscos econômicos pela diversificação de atividades e redução dos custos da recuperação de pastagens degradadas. O estudo dos diferentes níveis de adubação nitrogenada se mostra adequado para se conhecer o comportamento destas espécies forrageiras no contexto amazônico, em termos de produtividade e viabilidade. O Paricá será estabelecido em espaçamento 4X2 (4m entre linhas e 2 m entre plantas), conforme recomendação agronômica. Os tratamentos se constituirão em níveis de adubação nitrogenada nas pastagens semeadas de gramíneas e leguminosas em consórcio (Panicum maximum cv. Mombaça associado a Arachis pintoe cv amarillo), nas entrelinhas das mudas de Paricá, a saber, 50, 100, 200, 400 e 600 kg de N/ha/ano espaçados de 30 dias em cada aplicação. Cada unidade experimental ou parcela será constituída de 40 plantas de Paricá em quatro repetições em um delineamento inteiramente casualisado em que será sobressemeado sementes das forrageiras sessenta dias após a implantação das mudas. Em relação as plantas de paricá estabelecidas, estas serão monitoradas as medidas de crescimento inicial a cada 10 dias. Serão avaliadas o diâmetro da altura do colo (DAC) e a altura (h) da planta (em centímetros) em respostas aos diferentes tratamentos. Quando a pastagem atingir uma altura de corte de 1,40 m serão roçadas para se manter uma altura de manejo de 40 cm de altura. Também o controle do de plantas invasoras será efetuado ao longo do período experimental. Para se avaliar a produção total de forragem em termos de matéria seca produzida será a cada avaliação cortado rente ao chão, amostras das plantas forrageiras em três pontos por parcela que serão enviadas ao laboratório de solos da Universidade federal da Amazônia ICSEZ Parintins onde será mensurado: a quantidade de massa vegetal produzida, composição botânica, proporção entre gramíneas-leguminosas e relação lâmina foliar/colmo das espécies envolvidas e material senescente. A área a ser cortada será estabelecida através de um quadrado de arame de 0,5 m de lado (0,25 m2). Os dados obtidos serão analisados estatisticamente através de análise de variância (ANOVA) cujas médias do tratamento serão submetidos ao teste de tuckey. Havendo significância em relação as respostas quadráticas entre Níveis de Nitrogênio e os parâmetros mensurados (massa vegetal produzida, composição botânica, proporção entre gramíneas-leguminosas e relação lâmina foliar/colmo das espécies envolvidas e material senescente) será feito curvas de respostas.
Abstract: 
Keywords: Adubação de pastagens, Mombaça, Nitrogênio
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Manejo e Conservacao de Pastagens
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Zootecnia e Ciências Sociais Aplicadas - Parintins
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2013
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3579
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.