Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3636
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Avaliação de mudas e plantas de quatro variedades de manjericão (Ocimum basilicum L.) em vasos com substrato orgânico.
metadata.dc.creator: Kiviane Castro Ribeiro
metadata.dc.contributor.advisor1: Ari de Freitas Hidalgo
metadata.dc.description.resumo: O manjericão é uma espécie herbácea originária da Índia e muito cultivada na cidade de Manaus, principalmente em pequenos canteiros, por suas propriedades medicinais, mas também culinárias. As folhas desta espécie têm propriedades tônicas e digestivas, sendo usadas ainda para problemas respiratórios e reumáticos. Recentemente têm sido introduzidas diferentes variedades de manjericão, para as quais não se tem nenhum estudo de cultivo nas condições da cidade de Manaus. O objetivo deste trabalho e avaliar o crescimento de mudas e plantas adultas de quatro variedades de manjericão cultivadas em vasos plásticos com substrato orgânico, em viveiro. O trabalho será desenvolvido no viveiro telado (60% de luminosidade), na Área Experimental da Faculdade de Ciências Agrárias. O experimento se dará em duas etapas, uma para cada duas variedades de manjericão. A semeadura será feita em bandejas de poliestireno expandido (128 células) e a avaliação das mudas será feita aos 25 dias após a semeadura. Será avaliada a altura, o número de folhas, o diâmetro do coleto e a matéria seca da parte aérea e do sistema radicular. Outra parte das mudas será plantada em delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4 x 2 (quatro variedades X presença ou ausência de cobertura morta). O plantio será feito em vasos plásticos de cor preta (4 lts) contendo substrato orgânico (esterco bovino e terriço, na proporção 1:4). Metade dos vasos receberá cobertura morta na superfície do substrato e metade não. A irrigação será feita diariamente pela manhã, exceto em dias de chuva. Ao final de três meses após o plantio as plantas serão avaliadas quanto à altura, número de folhas, diâmetro do colo, matéria seca da parte aérea e do sistema radicular. Deverá ser feita a extração de óleo da parte aérea em extrator tipo Clevenger. Os dados serão submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey (0,05).
Abstract: 
Keywords: Hortaliça
cobertura morta
planta medicinal
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Agronomia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Produção Animal e Vegetal
Faculdade de Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2013
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3636
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.