Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3663
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Complexidade estrutural do ambiente e teste de preferência em três linhagens de camundongos (Mus musculus)
metadata.dc.creator: Flavia Cuadal Coimbra
metadata.dc.contributor.advisor1: Thais Billalba Carvalho
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem por objetivo avaliar a preferência de camundongos das linhagens C57BL/6, DBA/1 e BALB/C por diferentes ambientes em relação à sua complexidade estrutural e aos tipos de artefatos utilizados para o enriquecimento ambiental. Desta forma, a combinação do teste de preferência com as outras medidas de bem estar fornecerão informações apropriadas para melhorias nas condições de manutenção dos animais em cativeiro. Será feita a quantificação da latência, da frequência e do tempo de permanência dos camundongos nas áreas sem e com enriquecimento ambiental nos períodos de claro e escuro. Também será testada a preferência dos camundongos pelo uso de um produto regional amazônico (cuia de cabaça - Lagenaria siceraria) como artefato para enriquecimento ambiental em relação a uma estrutura comercial (cuia de acrílico). Para isso, o animal será colocado em um sistema de teste de escolha formado por uma estrutura cilíndrica (14 cm de diâmetro x 11 cm de altura) conectada a três gaiolas de acrílico (38 x 21 x 15 cm) por meio de tubos transparentes (2,6 cm de diâmetro x 25 cm de comprimento). A área cilíndrica equivale à região neutra do teste de escolha, onde o animal será mantido por 5 minutos para o período de aclimatação. Após este período, as passagens para os tubos serão abertas, permitindo que o animal se locomova em todas as direções. Cada animal será testado individualmente e permanecerá por 60 minutos (desconsiderando o tempo na área neutra) no sistema de teste de preferência, totalizando dez machos adultos por linhagem. A sequência de uso dos animais será aleatorizada e cada indivíduo será submetido ao teste nos períodos da manhã e noite. A disposição das gaiolas será modificada para evitar efeito na escolha do ambiente. Durante todo o período de teste será feito o registro do comportamento. Assim, o teste de preferência permitirá avaliar índices etológicos de bem estar, pois evidencia a escolha do ambiente pelos camundongos e, consequentemente, as necessidades desses animais.
Abstract: 
Keywords: bem estar
estresse
enriquecimento ambiental
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Biológicas: Comportamento Animal
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Ciências Fisiológicas
Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2013
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3663
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File SizeFormat 
PIB_B_006-2013-_relatório_final.pdf592,32 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.