Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3765
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Detecção Eletroanalítica de Cobre em águas
metadata.dc.creator: Amanda Cristina Lira Souza
metadata.dc.contributor.advisor1: Neila de Almeida Braga
metadata.dc.description.resumo: A cidade de Manaus-AM é fortemente caracterizada por suas atividades industriarias, esta cidade possui um pólo industrial que abriga 600 indústrias de diferentes setores comerciais, dentre as atividades realizadas pelas indústrias destacam-se: galvanoplastia, fundição, usinagem e pinturas, as quais geram resíduos tóxicos. Embora as empresas tenham suas políticas ambientalistas, é macroscopicamente perceptível que as bacias hidrográficas desta cidade encontram-se significativamente poluídas, onde destaca-se o Igarapé do Quarenta que há muito tempo já tem sido classificado como o mais poluído, com concentrações de metais pesados muito acima dos recomendados pelo CONAMA. SILVA (1992) estudou duas espécies de peixes do Igarapé do Quarenta e encontrou teores variados de alguns metais. No contexto sócio ambiental da região, tal fato é relevantemente preocupante já que classes menos favorecidas da sociedade estão submissas ao uso desta água, seja para banhos, irrigação, pesca e até mesmo consumo, para tanto existe a necessidade de conhecer os constituintes deste recurso hídrico testificando a possível periculosidade que este pode oferecer a população que o utiliza. No rol dos métodos que podem ser utilizados para fazer especiação de metais em águas, os eletroanalíticos, em especial a voltametria de redissolução anódica, tem considerável destaque por tratar-se de técnicas rápidas, precisas com excelentes limites de detecção e baixo custo. Um aspecto importante na aplicação destas técnicas são os materiais eletródicos utilizados, os quais têm dispensado relevante atenção de pesquisadores em busca de otimizar o sistema eletroquímico. Um eletrodo que tem se destacado, é o BDD por apresentar uma ampla janela de potencial de trabalho (maior que os eletrodos convencionais) e baixa corrente de fundo. Tal eletrodo tem sido mérito de atenção do LABEMAC (Laboratório de Eletroquímica e Materiais Carbonosos) situado no INPE (Instituto de Pesquisas Espaciais) localizado em São José dos Campos-SP, o qual é colaborador neste trabalho de iniciação científica. Nesse contexto, o presente trabalho, aborda o desenvolvimento de metodologia eletroanalítica para detecção do metal cobre (Cu) no igarapé do quarenta situado em Manaus-AM, via voltametria de redissolução anódica utilizando eletrodos de diamante dopado com boro.
Abstract: 
Keywords: eletroquímica, eletroanalítica, detecção de metais
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Exatas e da Terra: Quimica Analitica
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Química
Instituto de Ciências Exatas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2013
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3765
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PIB-E00382013-RELATÓRIO_FINAL.pdf735,29 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.