Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3783
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: Conversão de Glicerol a Carbonato de Glicerol Promovida por Catálise Química e Micro-ondas
metadata.dc.creator: Julielle Nara da Silva Martins
metadata.dc.contributor.advisor1: Renato Henriques de Souza
Resumo: As previsões para 2013, com a introdução da mistura de 5% de biodiesel no óleo diesel comercial, são de um excedente de 150 mil toneladas por ano de glicerol no Brasil. Estes cenários indicam que a viabilização comercial do biodiesel passa pelo consumo deste volume de glicerol, e é imprescindível que sejam desenvolvidas novas aplicações para este produto. Dentre as possíveis aplicações, uma bastante interessante é a sua transformação a carbonato de glicerol. Esta espécie atua como solvente para uma serie de compostos, é atóxico e apresenta alto ponto de ebulição. O carbonato de glicerol pode ser usado como um substituto para importantes compostos derivados do petróleo usados na síntese de polímeros. Pode ainda ser utilizado como solvente para baterias de íon lítio, novo componente para membranas separadoras de dióxido de carbono, surfactante, lubrificante e como intermediário para a fabricação do glicidol. Existem diferentes métodos para o preparo do carbonato de glicerol, mas a maioria requer condições reacionais drásticas e/ou reagentes pouco vantajosos do ponto de vista ambiental. No entanto, uma maneira interessante para prepará-lo é a partir do glicerol e carbonatos de dialquila. Como produtos químicos ambientalmente benignos, que podem ser preparados a partir de um álcool e ureia, estes carbonatos são amplamente utilizados. Desta maneira, utilizando um ambientalmente correto carbonato de dialquila e o subproduto do biodiesel glicerol para preparar o carbonato de glicerol é possível ter um processo atraente, e catalisadores heterogêneos foram descritos como capazes de promover a reação. Óxido de Cálcio foi identificado como sendo o melhor catalisador heterogêneo descrito para a reação mencionada. Uma estratégia que poderia aumentar ainda mais o rendimento destas reações é a promoção desta atividade com metais alcalinos, por aumentarem a basicidade do CaO. Este efeito já foi explorado na transesterificação de triacilgliceróis, este efeito deve também melhorar o desempenho da transesterificação de um glicerol simples. Reações orgânicas assistidas por micro-ondas tem apresentado um ótimo desempenho em muitas reações orgânicas, e os catalisadores podem atuar de forma sinérgica com este efeito. Assim visamos, com este projeto, contribuir com tecnologia para a transformação do glicerol - o que é fundamental para o sucesso da cadeia produtiva do biodiesel - ao mesmo tempo em que este projeto poderá perfeitamente se integrar às pesquisas envolvendo novos catalisadores, com linhas de pesquisa já afirmadas na UFAM.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: catálise, carbonato de glicerol, micro-ondas
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Exatas e da Terra: Quimica Inorganica
Idioma: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Química
Instituto de Ciências Exatas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2013
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3783
Data do documento: 31-jul-2014
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.