Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3819
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Sidilene Aquino de Farias
dc.creatorGlaucia Carvalho de Figueiredo
dc.date.accessioned2016-09-23T15:39:34Z-
dc.date.available2016-09-23T15:39:34Z-
dc.date.issued2014-07-31
dc.identifier.urihttp://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3819-
dc.description.abstractpt_BR
dc.description.resumoA formação do professor de Química, para atuar no Ensino Médio, teve início nos anos 30, mediante a criação dos cursos de Licenciatura em Química (LQ) nas Faculdades de Filosofia, Ciências, segundo o esquema 3+1. No Estado do Amazonas o curso de Licenciatura em Química surgiu na década de 60 com a criação da Faculdade de Filosofia do Amazonas. Nos 50 anos de existência o curso passou por três reestruturações curriculares, sendo a mais recente em 2005. Embora o curso de LQ tenha iniciado tardiamente, no estado, se comparado ao primeiro implantado no país, apresentou ao longo dos anos uma contribuição positiva para a formação de professores da área, no Amazonas, podendo se afirmar que este benefício foi estendido a toda a Região Norte. Entretanto, como menciona o relatório intitulado Escassez de professores no ensino médio: propostas estruturais e emergenciais , produzido por uma comissão instituída pelo MEC, aponta que num estudo em 1997, a Licenciatura em Química era o curso, entre as licenciaturas, que apresentava a maior taxa de evasão, 75%. Esse é um problema preocupante que afeta os cursos de licenciatura no Brasil, pois o mercado carece desses profissionais. No caso particular do professor de Química, no ano de 2007 um estudo apontou que apenas 13% dos professores que ministravam a disciplina Química, nas escolas brasileiras, possuíam formação específica na Licenciatura em Química. Assim, essa proposta de projeto visa fazer um estudo investigativo de forma científica acerca da evasão nos Cursos de Licenciatura em Química na UFAM Noturno e Diurno. Para tanto, além de aspectos quantitativos o estudo também contempla aspectos qualitativos. Dessa forma, serão feitos levantamentos de dados quantitativos junto a Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da UFAM, e também serão realizadas entrevistas semiestruturadas com alunos evadidos. Espera-se com esse trabalho esta subsidiar ações para a melhoria qualidade dos cursos.pt_BR
dc.description.sponsorshipVoluntáriopt_BR
dc.formatPDF
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Amazonaspt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentQuímicapt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências Exataspt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA PIBIC 2013pt_BR
dc.publisher.initialsUFAMpt_BR
dc.rightsAcesso Restritopt_BR
dc.subjectlicenciatura em quimica, evasão, professor
dc.subject.cnpqCiências Exatas e da Terra: Quimicapt_BR
dc.titleEstudo da evasão nos cursos de Licenciatura em Química da UFAM.pt_BR
dc.typeRelatório de Pesquisapt_BR
dc.pibic.cursoQuímica - Licenciaturapt_BR
dc.pibic.tipobolsa
dc.pibic.nrprojetoPIB-E/0117/2013
dc.pibic.projetoEstudo da evasão nos cursos de Licenciatura em Química da UFAM.
dc.pibic.dtinicio2013-08-01
dc.pibic.dtfim2014-07-31
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.