Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4045
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Controle de qualidade e avaliação morfológica da homogeneidade da camada híbrida da dentina em mev de soluções contendo bioativos amazônicos para limpeza de cavidade dentinária.
metadata.dc.creator: Luisa Rissoni Santos Machado
metadata.dc.contributor.advisor1: Maria Fulgência Costa Lima Bandeira
metadata.dc.description.resumo: A procura por alternativas aos fármacos sintéticos, através da investigação de princípios ativos de plantas, tem-se demonstrado de grande importância na viabilidade econômica. A copaíba (Copaifera multijuga) apresenta propriedades antiinflamatória, antisséptica, cicatrizante , anticancerígena e antibacteriana. Durante o pereparo cavitário, uma camada composta por resíduos/debris denominada de smear layer é formada, sendo necessária sua limpeza, para posterior inserção do material restaurador. O objetivo deste projeto é avaliar o controle de qualidade das formulações de soluções a base de óleo de copaíba para limpeza de preparos de cavidade dentinária e analisar, através de Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), o efeito de soluções formuladas com o óleo de copaíba (Copaifera multijuga) na morfologia da superfície dentinária. O projeto será realizado em duas fases, sendo que a primeira irá avaliar o controle de qualidade das formulações (serão executados testes de: pH, sedimentação, microbiológicos, micológicos e análise dos caracteres organolépticos), e a segunda analisará o efeito das soluções de Copaíba na superfície dentinária através do MEV, que será realizada com a confecção dos corpos de prova seguindo a metodologia proposta por Araújo et al. (1998) com modificações na produção da lama dentinária. Para este estudo, serão utilizados 24 corpos de prova de dente humanos hígidos extraídos por razões ortodônticas. Os dentes serão descontaminados com solução de Timol 0,2% durante 24 horas. A coroa será separada da raiz ao nível da junção amelo-cementária, com o auxílio de um disco de diamante.Serão incluídos elementos dentários hígidos extraídos por razões ortodônticas, sendo pré-molares erupcionados, provenientes de pacientes de idade e gênero aleatórios.Serão excluídos elementos dentários que apresentaram cárie, restaurações, trincas ou fraturas..Os corpos de prova serão divididos aleatoriamente em oito grupos contendo três corpos de prova para cada grupo, montados em suportes metálicos de alumínio e tratados com as substâncias teste com auxílio de microbrush por 30 segundos.Posteriormente, os espécimes serão analisados e fotografados no MEV na forma ambiental . A capacidade de limpeza da dentina será avaliada por meio do sistema de escore de debris. Os examinadores serão inicialmente calibrados com a imagem de referência MEV. A presença de debris será avaliada a partir de imagens com ampliação de 665x, usando uma escala de 5.Os resultados serão, então, dicotomizados em dentina limpa que incluiu os escores 1, 2 e 3 ou dentina suja que incluiu de 4 e 5. Estes resultados serão tabulados e analisados de acordo com os testes estatísticos indicados e a nível de 5% de significância.
Abstract: 
Keywords: limpeza de cavidades, MEV, copaífera
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências da Saúde: Odontologia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Odontologia
Faculdade de Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2013
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4045
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PIBIC-S0111-2013.pdf656,67 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.