Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4401
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Composição e distribuição da fauna de lagartos ( Reptilia Squamata) do Campus da Universidade Federal do Amazonas, Manaus.
metadata.dc.creator: Diogo Magalhães Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: Igor Luis Kaefer
metadata.dc.description.resumo: Diversos estudos tem sido conduzidos nos últimos anos ao longo da grade de amostragem do Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio) instalada na Fazenda Experimental da Universidade Federal do Amazonas (FEX-UFAM), a qual segue a metodologia RAPELD, adaptada a partir do Programa Ecológico de Longa Duração. Entretanto, nenhuma investigação direcionada ao conhecimento das assembleias de lagartos ocorrentes nesta área foi realizada. Lagartos são considerados organismos modelo para estudos ecológicos e o conhecimento gerado a partir desses trabalhos pode contribuir para a compreensão da dinâmica de outras comunidades animais. A influência de variáveis da paisagem (composição física do solo, composição química do solo, distância do igarapé, declive do terreno, incidência de luz e altitude) sobre os padrões de distribuição das espécies e a composição das comunidades de lagartos vem sendo amplamente investigada em diversos sítios de estudo que seguem a metodologia RAPELD. Esta proposta visa contribuir para a geração de conhecimento sobre a identidade, características da história de vida e preferência de habitat das espécies de lagartos mais abundantes em uma área de floresta de terra firme localizada na Fazenda Experimental da UFAM, situada no km 38 da rodovia BR-174, em Manaus. Mais especificamente, objetiva-se determinar 1) quais são as espécies de lagartos mais abundantes na área de estudo e 2) a influência de características locais da paisagem sobre a abundância dessas espécies. O sítio de estudo conta com 59 km de trilhas e uma grade de 24 km² instalada em 2007. A grade é composta por 41 parcelas (21 terrestres e 20 ripárias ou aquáticas) medindo 250 m de comprimento. Serão amostradas pelo menos 10 parcelas terrestres e 10 parcelas ripárias ao longo de cinco campanhas em 2014 e 2015. As metodologias empregadas serão amostragem visual e busca ativa através de procura visual limitada por tempo. A realização deste estudo é crítica para o levantamento de espécies e entendimento de padrões de distribuição espacial de lagartos em escala local. Adicionalmente, por meio da integração dos resultados obtidos em diferentes sítios RAPELD, este estudo permitirá a determinação de padrões de distribuição da biodiversidade em macro escala na Amazônia.
Abstract: 
Keywords: ecologia de comunidades, lagartos, PPBio
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Biológicas: Ecologia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Biologia
Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2014
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4401
Issue Date: 31-Jul-2015
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.