Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4417
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Composição e distribuição da fauna de serpentes ( Reptilia Squamata) do Campus da Universidade Federal do Amazonas, Manaus.
metadata.dc.creator: Thaís de Almeida Corrêa Nogueira
metadata.dc.contributor.advisor1: Igor Luis Kaefer
metadata.dc.description.resumo: A área da Fazenda Experimental da Universidade Federal do Amazonas (FEX-UFAM) contém uma floresta contínua de grande importância para a manutenção de processos ecológicos e de espécies nativas, bem como de fácil acesso por localizar-se próxima a uma rodovia. Desde 2007, a FEX-UFAM conta com o sistema modular RAPELD (Rapid Assessment Program - Programa Ecológico de Longa Duração) de amostragem, o qual consiste em parcelas de pesquisa que permitem integrar e comparar diferentes estudos em biodiversidade em múltiplas escalas. Desde então, um sistema de trilhas com 24 km2 instalado na área vem permitindo estudos em biodiversidade. Entretanto, a estrutura de apoio logístico implantada na área ainda não foi utilizada para estudos sobre serpentes, o que permite a condução de um estudo pioneiro visando o acesso à composição taxonômica e à distribuição espacial desse componente pouco estudado da fauna. Possivelmente a Reserva Florestal Adolpho Ducke, em Manaus, seja a única área da Amazônia Central suficientemente amostrada em termos de composição da fauna de répteis escamados. Sendo assim, são promissoras as perspectivas de obtenção de informaçõaes não somente sobre a ecologia espacial, mas também sobre a história natural de muitas das espécies ocorrentes no local. Estudos em localidades próximas indicaram a jararaca (Bothrops atrox) como a espécie de serpente mais abundante. Visto que esta espécie possui alto potencial bioprospectivo e é a principal envolvida em acidentes ofídicos na Amazônia, o acesso à sua densidade e os fatores ambientais determinantes de sua distribuição espacial também têm relevância médica e social. Assim, objetivamos determinar a influência de fatores ambientais sobre a utilização do ambiente pelas serpentes em mesoescala na Fazenda Experimental da UFAM. Mais especificamente, esperamos 1) determinar quais são as espécies de serpentes mais abundantes na área de estudo e 2) testar a influência de características locais da paisagem (como distância do igarapé, profundidade do folhiço, estrutura da vegetação, inclinação do terreno) sobre a abundância dessas espécies. A amostragem será conduzida em uma grade constituída por 41 parcelas distribuídas uniformemente, sendo 20 ripárias e aquáticas e 21 terrestres, com 250 m de comprimento cada. Serão realizados cinco campanhas para a coleta de dados, com período de duração variável de 15 a 20 dias. O método de amostragem empregado será o de busca ativa nas parcelas por meio da procura visual. Por meio de testes de regressão linear será avaliada a relação entre a abundância das espécies (variáveis dependentes) com os fatores ambientais de cada parcela de amostragem (variáveis preditoras).
Abstract: 
Keywords: Fazenda Experimental da UFAM
RAPELD
Répteis escamados
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Biológicas: Ecologia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Biologia
Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2014
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4417
Issue Date: 31-Jul-2015
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.