Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4585
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Anderson Cavalcante Guimarães
dc.creatorRhanna Victória Amaral da Silva
dc.date.accessioned2016-09-23T15:47:52Z-
dc.date.available2016-09-23T15:47:52Z-
dc.date.issued2015-07-31
dc.identifier.urihttp://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4585-
dc.description.abstractpt_BR
dc.description.resumoO Brasil vem ganhando ao longo dos anos, cada vez mais destaque na produção de medicamentos derivados de produtos naturais, porém estudos que destaque a composição química, e possíveis atividades inibidora de enzimas de espécias gevetais ainda é muito escasso. Dentre as angiospermas , a família Loranthaceae é composta por 70 gêneros e 950 espécies. São hemiparasitas arbustivas naturais de região tropical, que crescem aderidas aos ramos e galhos de árvores, jardins e pomares, de onde retiram água e sais minerais. As folhas de espécies de Loranthaceae são frequentimente utilizadas em tratamentos de diversas doenças tais como, problemas respiratórios, cardiovasculares, diabetes, inflamações, dentre outras patologias. Apesar de poucos estudos fitoquímicos realizados com espécies da família, ja foram identificados metabólicos secundários como terpenos, lignanas, flavonóides, carboidratos, ácidos graxos, ácidos aminados, fenilpropanóides, taninos, antraquinonas, saponinas e alcalóides. As enzimas têm sido alvo de estudos na busca de novos medicamentos para tratamento de diversas doenças, como diabetes, hipertensão e obesidade. Metabólitos secundários como flavonóides, são frequentemente citadas como responsáveis pela atividade inibidora de enzimas como α-glucosidase e α-amilase. A obesidade é uma doença que se caracteriza pelo acúmulo de gordura no corpo e sua progressão pode possibilitar o desenvolvimento de doenças como pressão alta, diabetes, problemas nas articulações, dentre outras. As principais substâncias encontradas que podem atuar contra a obesidade através da inibição de enzimas metabólicas, são terpenos, fenólicos, alcalóides e carboidratos. Diante da imensa potencialidade da floresta amazônica na descoberta de componetes que atuem na fabricação de medicamentos, a pesquisa da composição quimica da familia Loranthaceae na região do médio amazonas é de grande importância. Estudos enzimáticos, através de extratos de plantas, são de grande importância, devido a comprovação da presença de substâncias com possíveis atividades inibidora enzimática de espécies de loranthaceae. O objetivo deste projeto é Analisar a presença de metabólitos secundários e avaliar atividade inibidora da enzima α-amilase e da enzima α-glucosidase de extratos brutos de duas espécies de Loranthaceae, de Oricthantus sp. e de Pthirusa sp. Parasitas de Theobroma hrandiflorum (Windenow exp Sprengel) Schum (cupuaçuzeiro) e de Inga edulis Mart. (ingazeiro). As espécies serão coletadas, limpas e trituradas. Serão preparados os extratos do material botânico já seco e, em seguida fracionados através de partição líquido-líquido. Os extratos e frações serão submetidos aos ensaios fitoquímicos para identificação de metabólitos secundários, e analise em placas cromatográficas de gel de sílica para confirmação da presença das classes químicas. Serão realizados ensaios de atividade inibitória da enzima α-amilase e da enzima α-glucosidase.pt_BR
dc.description.sponsorshipFAPEAMpt_BR
dc.formatPDF
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Amazonaspt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências Exatas e Tecnologia - Itacoatiarapt_BR
dc.publisher.departmentpt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA PIBIC 2014pt_BR
dc.publisher.initialsUFAMpt_BR
dc.rightsAcesso Restritopt_BR
dc.subjectOricthantus
dc.subjectPthirusa
dc.subjectLoranthaceae.
dc.subject.cnpqCiências da Saúde: Farmacognosiapt_BR
dc.titleProspecção química e avaliação da inibição enzimática de extratos das folhas de Oricthantus sp. e de Pthirusa sp, espécies de Loranthaceae parasitas de Theobroma grandiflorum (Wildenow exp Sprengel) Schum (cupuaçuzeiro) e de Inga edulis Mart. (ingazeiro).pt_BR
dc.typeRelatório de Pesquisapt_BR
dc.pibic.cursoCiências Farmacêuticaspt_BR
dc.pibic.tipobolsa
dc.pibic.nrprojetoPIB-S/0031/2014
dc.pibic.projetoProspecção química e avaliação da inibição enzimática de extratos das folhas de Oricthantus sp. e de Pthirusa sp, espécies de Loranthaceae parasitas de Theobroma grandiflorum (Wildenow exp Sprengel) Schum (cupuaçuzeiro) e de Inga edulis Mart. (ingazeiro).
dc.pibic.dtinicio2014-08-01
dc.pibic.dtfim2015-07-31
dc.contributor.colaboradorEmerson Silva Lima
dc.contributor.colaboradorRenata Takeara
dc.contributor.colaboradorValdir Florêncio da Veiga Junior
dc.contributor.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1324552190537148
dc.contributor.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0659464190667878
dc.contributor.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0581412073128121
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.