Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4705
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: Retrato da leitura entre os discentes da UFAM: o caso da Arquivologia e Biblioteconomia
metadata.dc.creator: Danielle Chaves Carmim
metadata.dc.contributor.advisor1: Katia Viana Cavalcante
Resumo: Acredita-se que o ato de ler favorece a compreensão do mundo em que se vive e que, portanto, a leitura torna-se um indicativo fundamental para o desenvolvimento de uma nação. Conhecer como se comporta o leitor universitário e traçar o perfil daqueles que leem pode contribuir como ferramenta para se identificar ações efetivas na formação de leitores. A leitura pode ampliar os horizontes, culturais e críticos, dos cidadãos, pois por meio da leitura as pessoas podem desenvolver senso crítico, questionar o que há de errado na atual sociedade, e compreender os fatos que as conduziram até aqui. Os índices das pesquisas apontam que o brasileiro está lendo menos em diferentes faixas de idade. O desinteresse pela leitura torna-se fato grave, uma vez que a falta de informação leva à preguiça mental, conduz a humanidade ao caos sociocultural, e, lamentavelmente, alastra-se também nos meios acadêmicos. Analisando a premissa de que o contingente universitário apresenta sérios problemas no que diz respeito à leitura, linguagem, etc., e sendo ele considerado parte da elite pensante do país, isso nada mais é do que o reflexo de uma organização desestruturada em termos de formação de futuros leitores e incentivadores da leitura. Desta forma, essa pesquisa busca investigar as relações dos estudantes de biblioteconomia e arquivologia com a leitura literária, focalizando suas práticas de leituras profissionais e comuns. A opção por essa temática resulta de reflexões que têm inquietado um grupo de professores e de alunos dos dois cursos. O objetivo desta proposta é o de compreender o comportamento-leitor dos discentes dos cursos de Arquivologia e Biblioteconomia da Universidade Federal do Amazonas. A pesquisa possui uma abordagem quali-quantitativa. Dessa maneira, os dados coletados serão descritos quantitativamente, e serão interpretados de modo a construir o perfil literário dos discentes. Para a coleta de dados usar-se-á questionário semiestruturado que na primeira parte possibilitará traçar um perfil socioeconômico, e a segunda parte focará nas questões pertinentes que atendam aos objetivos propostos. O mesmo será aplicado no formato de entrevista pessoal e terá com abrangência geográfica o Instituto de Ciências Humanas e Letras da UFAM, onde estão localizados os cursos de Arquivologia e Biblioteconomia. O universo da pesquisa será composto pelo total de discentes devidamente matriculados no curso. E desses, 50% de cada curso serão entrevistados. Será mantida a correlação com a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, serão adotadas as seguintes definições como parâmetro balizador: Leitor: o que declarou, no momento da entrevista, ter lido pelo menos um livro nos últimos três meses; Não Leitor: o que declarou não ter lido nenhum livro nos últimos três meses (e mesmo quem leu em outros meses que não os três últimos ou mesmo que leu ocasionalmente); Índice de leitura: tem como referência a leitura dos últimos três meses anteriores à pesquisa.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: Perfil de leitura
Leitor da Biblioteconomia
Leitor da Arqu
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Sociais Aplicadas: Biblioteconomia
Idioma: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Biblioteconomia
Instituto de Ciências Humanas e Letras
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2014
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4705
Data do documento: 31-jul-2015
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.