Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4935
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Diversidade genética de Jambu (Acmella oleracea) (L) R.K. Jansen
metadata.dc.creator: Thiago Santos dos Reis
metadata.dc.contributor.advisor1: Pedro de Queiroz Costa Neto
metadata.dc.description.resumo: O jambu (Acmella oleracea (L). R.K. Jansen) é uma Asteraceae nativa da região amazônica, hortaliça herbácea perene, semi-ereta e de ramos decumbentes. O consumo da espécie na região norte é bastante difundido, compondo diversos pratos, como pato no tucupi e tacacá, sendo também muito utilizada em saladas. O jambu também apresenta importância medicinal, por possuir princípios ativos como óleo essencial, saponinas, espilantinas, afinina, filoesterina, colina, triterpenóides e, principalmente, o espilantol. O conhecimento da distribuição da variabilidade genética de uma coleção de jambu subsidiará a implementação de planos de uso e conservação dos recursos genéticos da espécie. O objetivo do presente projeto é avaliar a diversidade genética de uma coleção de jambu. Serão estudados 30 acessos da espécie coletados no estado do Amazonas, em diferentes municípios de ocorrência da mesma: Manaus, Iranduba, Manacapuru, Itacoatiara, Parintins e Coari. Nas expedições serão coletadas amostras de folhas para a extração de DNA e de sementes de cada indivíduo coletado para implementar uma coleção na Faculdade de Ciências Agrárias da UFAM. Serão testados diferentes protocolos de extração de DNA. Dentre os protocolos testados em outras espécies o que utiliza o detergente catiônico CTAB 2% (Doyle e Doyle,1987) e o protocolo otimizado por Ferreira e Grattapaglia (1998). Após adaptado o protocolo será feita a quantificação do DNA e posteriormente a análise de marcadores AFLP utilizando o protocolo de Vos et al. (1995), com modificações de Lopes (2003). A partir dos dados binários oriundos dos marcadores AFLP serão obtidas as estimativas de similaridade genética usando o coeficiente de Dice (NEI & LI, 1979) e posteriormente realizado o agrupamento dos indivíduos e a construção do dendrograma pelo método UPGMA. As análises serão realizadas no programa NTSYS (ROHLF, 1997). Os dados serão submetidos à análise de variância molecular (ANOVA) (EXCOFIER et al., 1992) para quantificar as proporções de variância dos indivíduos. A ANOVA será realizada no programa Arlequin (SCHNEIWSDER et al., 1997).
Abstract: 
Keywords: melhoramento, recursos genéticos, marcador molecular
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Agronomia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Ciências Fund. Des. Agrícola
Faculdade de Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2014
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4935
Issue Date: 31-Jul-2015
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.