Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4951
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Seleção de actinomicetos com potencial antagônico a Colletotrichum spp., fitopatógenos de hospedeiros tropicais
metadata.dc.creator: Kelven Wladie dos Santos Almeida Coelho
metadata.dc.contributor.advisor1: Pedro de Queiroz Costa Neto
metadata.dc.description.resumo: As moléstias de plantas são responsáveis por grandes perdas nas culturas de importância econômica, dentre as quais se destacam as doenças de pós colheita em frutíferas. A perda pós-colheita de frutos tropicais no Brasil situa-se na ordem de 30% dos produtos comercializados. A antracnose causada por espécies de Colletotrichum é a principal doença de frutos em pós-colheita, sendo considerada doença de elevada importância econômica no Norte e Nordeste do Brasil. O sintoma típico da doença é caracterizado por lesões arredondadas, grandes, necróticas, com o centro dos tecidos deprimidos, onde são produzidas massas de conídios de coloração alaranjada podendo ocorrer uma podridão-mole nos frutos, prejudicando a sua comercialização. Os fungos do gênero Colletotrichum são os principais fitopatógenos causadores de moléstias em plantas, sendo importantes nas regiões tropicais e subtropicais do mundo. Esses fungos são os causadores de uma diversidade de doenças como antracnose, podridão de pedúnculo, varicela em manga, abacate e mamão, causando assim prejuízos à produtores dessas determinadas culturas. O controle biológico é uma alternativa mais barata e sustentável, tendo em vista que não se utilizam agrotóxicos para emprego dessa alternativa. Dentre os possíveis agentes para o biocontrole de doenças, destacam-se os actinomicetos, que são bactérias filamentosas encontradas naturalmente no solo, com diversas espécies que são reconhecidamente produtoras de antibióticos. Estas bactérias produzem substâncias, que quando testadas in vitro, podem apresentar atividades antagônicas ao desenvolvimento de fungos. Sabe-se que os actinomicetos são um grupo promissor de microrganismos capazes de produzir metabólitos bioativos e estão naturalmente presentes no solo. quando testados in vitro, cepas do gênero Streptomyces têm mostrado um grande potencial para produzir antibióticos que reduzem ou inibem o crescimento e desenvolvimento de patógenos de plantas comuns no solo. Os antibióticos produzidos por este grupo de microrganismos têm sido empregados em vários campos incluindo: agricultura, veterinária e indústria farmacêutica. Aproximadamente 75% dos antibióticos, clínica e comercialmente importantes e 60% dos empregados na agricultura são produzidos por actinomicetos, destacando-se entre eles o gênero Streptomyces sp.
Keywords: Controle biológico
Antagonismo
Hospedeiros tropicais
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Fitopatologia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Ciências Fund. Des. Agrícola
Faculdade de Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2014
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4951
Issue Date: 31-Jul-2015
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Kelven Wladie dos Santos Almeida Coelho.pdf1,26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.