Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/5161
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: Um Estudo sobre a Influência das Técnicas de Testes Automatizados no Desenvolvimento de Software
Autor(a): Max de Oliveira dos Santos
Orientador(a): Christophe Saint-Christie de Lima Xavier
Resumo: A importância que os softwares estão tendo na sociedade é cada vez maior, uma vez que o avanço da tecnologia implica diretamente na sua produção. Atualmente, podemos encontrar software em diversas áreas de conhecimento, isso se deve pelo fato de o mesmo agrega valor aos negócios, proporcionando um aumento da produtividade e a diminuição dos custos. Porém, nem todo desenvolvedor se preocupa com a qualidade que o seu software poderá ter, resultando assim em custos excessivos, cronogramas imprevisíveis e poderá até não atender as expectativas do cliente. Desse modo, a falta de qualidade é um fator crítico para geração de catástrofes e prejuízos econômicos, onde podemos observar em diversas literaturas que tais acontecimentos poderiam ser evitados (Bernardo, 2011). Hoje a busca pela qualidade é um dos fatores que as empresas na área da tecnologia da informação (TI) procuram explorar durante o desenvolvimento dos seus produtos. Este é um tema que tem ganhado destaque também em universidades, sendo alvo de diversos estudos que visam melhorar a qualidade dos sistemas e dos processos de desenvolvimento (Lima, 2014). Porém, garantir a qualidade de sistemas de software é grande um desafio, devido às aplicações possuírem um grau de complexidade muito grande e as inúmeras dificuldades relacionadas ao processo de desenvolvimento (Bernardo, 2011), mais precisamente, o tempo para se testar e validar a aplicação, que se apresenta nos cronogramas com um valor baixo. Nesse contexto, diversas técnicas de automação e ferramentas têm sido propostas tanto em pesquisas acadêmicas como nas indústrias de TI. No entanto, existe certa dificuldade para aplicar ou selecionar alguma técnica no processo de automação dos testes. Isso se deve a diversos fatores, dentre eles a falta de profissionais especializados na área de teste de software ou mesmo a dificuldade em implantar um processo de testes utilizando as técnicas existentes na literatura (Crespo et al. 2004). Por esse motivo, um estudo sobre as técnicas de teste automatizado no desenvolvimento de software pode facilitar a aplicação das abordagens por Engenheiros de Software que procuram atuar nesta área. O foco deste trabalho consiste no impacto que cada técnica de automação poderá ter sobre uma determinada aplicação em relação ao tempo de desenvolvimento, a qualidade do código e o produto final. A questão de pesquisa deste projeto está na possibilidade de identificação de características das técnicas atuais analisando cada técnica para buscar evidências de vantagens e desvantagens na prática. Espera-se auxiliar o processo de desenvolvimento de software, possibilitando identificar um maior número de falhas antes do produto chegar aos usuários finais e assim o mesmo possuir um alto grau de confiança e qualidade.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: Teste de Software
Qualidade de Software
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Exatas e da Terra: Engenharia de Software
Idioma: pt_BR
País de publicação: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da Instituição: UFAM
Faculdade, Instituto ou Departamento: Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia - Itacoatiara
Nome do programa: PROGRAMA PIBIC 2015
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/5161
Data do documento: 31-jul-2016
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.