Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/5306
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Caracterização química e atividade antimicrobiana dos extratos de Pthirusa sp parasitas de Syzygium cumini (jambolão) e Citrus sp (limoeiro)
metadata.dc.creator: Adriana Oliveira Castro
metadata.dc.contributor.advisor1: Renata Takeara
metadata.dc.description.resumo: As plantas pertencentes à família Loranthaceae tem sido, há muito tempo, reconhecidas como portadoras de propriedades terapêuticas. Esta família compreende aproximadamente 70 gêneros e 950 espécies, distribuídas em regiões tropicais e subtropicais. Diversos vegetais têm sido utilizados com fins profiláticos e curativos de infecções. Atualmente muitos trabalhos vêm sendo realizados em busca de novas plantas com atividade antimicrobiana. Estudos biológicos e farmacológicos com espécies de Loranthaceae demonstraram atividade cardiovascular, antimicrobiana, hipotensora e antimicobacteriana. Os principais grupos de compostos com propriedades antimicrobianas, extraídos de plantas incluem terpenoides e óleos essenciais, alcaloides e substancias fenólicas e polifenóis, incluindo fenóis simples, ácidos fenólicos, quinonas, flavanonas, flavonóis e flavonoides, taninos. De acordo com a literatura, extrato hidroetanólico a 70% de folhas frescas de Struthanthus vulgaris (Loranthaceae) apresentou atividade antimicrobiana contra bactérias Gram positivas e Gram negativas. No Brasil, estudos com a mesma finalidade são de grande importância, uma vez que plantas medicinais são utilizadas em várias áreas da saúde como forma alternativa de tratamento antimicrobiana de extratos de plantas medicinais. Desta forma, este trabalho poderá contribuir para apoiar o desenvolvimento do campo da saúde, encontrando substâncias mais eficazes e menos tóxicas na corrida contra a resistência e o surgimento de microrganismos. Os objetivos do presente trabalho são analisar a presença de metabólitos secundários e atividade antimicrobiana em extratos e frações de espécies de Pthirusa parasitas de Syzygium cumini (jambolão) e Citrus sp (limoeiro). As folhas das espécies citadas serão coletadas na estrada AM- 010 Itacoatiara. O material seco e moído será extraído com etanol em aparelho de Soxhlet, e em seguida será concentrado até remoção de todo solvente em evaporador rotatório. A obtenção do perfil químico será realizado através de ensaios cromáticos usuais e por cromatografia em camada delgada, direcionando-se o protocolo para avaliar a presença de terpenos, alcaloides, fenólicos e flavonoides, usando-se para isso reagentes reveladores específicos. A atividade antimicrobiana será analisada in vitro utilizando os protocolos descritos por Rosa et al, (2003) e Vaz et al, (2009), utilizando um painel com cepas ATCC (American Type Culture Collection, EUA) dos seguintes microrganismos: Escherichia coli, Staphylococcus aureus, Candida albicans e Candida krusei.
Abstract: 
Keywords: Loranthaceae
Pthirusa, antimicrobiano
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências da Saúde: Farmacognosia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia - Itacoatiara
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2015
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/5306
Issue Date: 31-Jul-2016
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.