Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/5836
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: A teoria das inteligências múltiplas: uma revisão do estado da arte no Brasil
Other Titles: The theory of multiple intelligences: a review of the state of art in Brazil
metadata.dc.creator: Souza, Mikael Lemos de
metadata.dc.contributor.advisor1: Leal, Fabiana Soares Fernandes
metadata.dc.contributor.referee1: Alencar, Simône de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee2: Nascimento, Greicy Oliveira
metadata.dc.description.resumo: Esta monografia retrata o estado atual da Teoria das Inteligências Múltiplas no Brasil nos últimos 10 anos, a partir das publicações relacionadas a teoria encontradas em bases de dados eletrônicos. A Teoria das Inteligências Múltiplas foi lançada em 1983 e, diferente das teorias existentes até então, ela traz uma perspectiva qualitativa para estudar e avaliar a inteligência, ou melhor, as inteligências já que postula que não existe uma inteligência, mas tipos variados de inteligências. A após quase 40 anos de sua existência buscou-se conhecer como esta teoria tem sido utilizada no Brasil. Para responder a tal questionamento, objetivou-se em identificar as publicações relacionadas a teoria no Brasil e descrever as áreas de conhecimento, os tipos de métodos de pesquisas e a evolução do número de publicações. Assim, foi analisado que a Teoria das Inteligências Múltiplas tem sido mais pesquisada e utilizada na área de Ciências Humanas, com abordagem qualitativa, objetivos descritivos e em procedimentos bibliográficos. No que diz respeito à quantidade de publicações no período analisado há grandes variações, mas, de modo geral, são poucas. É evidente portanto, que esta teoria ainda é pouco explorada no Brasil. São necessários mais estudos, pesquisas, intervenções, relacionados a esta teoria, visando o avanço científico e sobretudo melhorias no sistema educacional a partir das contribuições que essa teoria pode nos dar.
Abstract: This study presents the current state of the Theory of Multiple Intelligences in Brazil in the last 10 years, based on the publications related to theory found in electronic databases. The Theory of Multiple Intelligences was launched in 1983 and, unlike existing theories until then, it brings a qualitative perspective to study and evaluate intelligence, or rather, intelligences since it postulates that there is no intelligence, but different types of intelligences. After almost 40 years of its existence, we sought to know how this theory has been used in Brazil. To answer this question, the objective was to identify publications related to theory in Brazil and to describe the areas of knowledge, the types of research methods and the evolution of the number of publications. Thus, it was analyzed that the Theory of Multiple Intelligences has been more researched and used in the area of Human Sciences, with qualitative approach, descriptive objectives and in bibliographic procedures. It is clear that this theory is still little explored in Brazil. More studies, research, interventions related to this theory are needed, aiming at scientific advancement and above all improvements in the educational system based on the contributions that this theory can give us.
Keywords: Inteligências Múltiplas
Howard Gardner
Estado da Arte
metadata.dc.subject.cnpq: CIÊNCIAS HUMANAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente
metadata.dc.publisher.course: Pedagogia - Licenciatura - Humaitá
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/5836
metadata.dc.subject.controlado: Sistema educacional
Psicologia do Desenvolvimento
Desenvolvimento cognitivo
Base Nacional Comum Curricular
Appears in Collections:Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_MikaelSouza.pdfTCC Pedagogia - Licenciatura316,57 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.