Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1431
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Avaliação de mecanismos de seleção automática de taxa de transmissão em redes em malha sem Fio
metadata.dc.creator: Makoto Miyagawa
metadata.dc.contributor.advisor1: Edjair de Souza Mota
metadata.dc.description.resumo: A possibilidade de conferir mobilidade aos usuários das tradicionais redes IP tem resultado na grande disseminação das WLANs (do inglês Wireless Local Area Network) por meio da instalação de pontos de acesso (AP, do inglês access points) baseados nas padronizações IEEE 802.11b/g. Entretanto, nestas redes os APs funcionam basicamente como uma interface entre o usuário e uma infra-estrutura cabeada, geralmente com acesso à Internet. A necessidade de expandir a cobertura do sinal das WLANs em locais de média e grande dimensões como condomínios (verticais ou horizontais), campus de universidades e instituições de ensino, cidades e centros urbanos, dentre outros ambientes, é acompanhada de um grande número de APs os quais, por sua vez, comumente implicam em uma complexa infra-estrutura de rede cabeada o que aumenta tanto o custo quanto o tempo de implantação da rede. Além disso, a necessidade de expandir a rede pela adição de novos APs pode resultar no reprojeto da infra-estrutura cabeada. No intuito de suprimir as limitações supracitadas as redes em malha sem fio conferem aos APs capacidade de roteamento. Assim, os APs não só são capazes de se comunicarem com os usuários mas também utilizam o enlace sem fio para se comunicarem entre si a fim de repassar os dados do usuário até o destino final. Por outro lado, diferentemente de enlaces cabeados, a qualidade dos enlaces em malha está sujeita a flutuações devido vulnerabilidades inerentes a tecnologia sem fio. Desta forma a proteção dos dados torna-se uma questão crítica. Caso um AP envie dados sob a maior taxa de transmissão permitida durante um período de baixa qualidade do enlace haverá maximização de perdas. Por outro lado, diminuir a taxa de transmissão na tentativa de conter perdas durante um período de boa qualidade do enlace pode subutilizar o recursos. Os algoritmos de seleção automática de taxas de transmissão (AR, do inglês Auto Rate) tem o objetivo de maximizar a carga útil transmitida diante das condições à pouco apresentadas. O padrão 802.11s, que prescreverá o funcionamento de redes em malha sem fio, ainda está sob desenvolvimento pela IEEE e os AR atualmente disponíveis foram desenvolvidos no contexto das WLans.
Keywords: Redes mesh
Seleção automática
Taxa de transmissão
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Exatas e da Terra: Ciência da Computação
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Computação
Instituto de Ciências Exatas
metadata.dc.publisher.program: Programa PIBIC 2008
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1431
Issue Date: 31-Jul-2009
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File SizeFormat 
PIB-E-0043-2008.pdf232,64 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.