Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1874
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Níveis de Mercúrio em pacientes com Lúpus Eritematoso Sistêmico
metadata.dc.creator: Jeanna Lee de Oliveira Coutinho
metadata.dc.contributor.advisor1: Domingos Sávio Nunes de Lima
metadata.dc.description.resumo: Diversas evidências documentam a contaminação por mercúrio em águas, peixes e populações humanas na Amazônia. A origem desta poluição pode ser atribuída em alguns casos ao uso de mercúrio inorgânico para extração de ouro em garimpos; outra origem possível é natural, consequência do alto teor de mercúrio em solos de terrenos vulcânicos da fronteira do Brasil com a Venezuela e Colômbia. O mercúrio inorgânico é transformado em metil-mercúrio por bactérias aquáticas e acumulado na cadeia alimentar, concentrando-se ao máximo em peixes predadores, consumidos na dieta do homem amazônico. Entretanto, o real impacto desses altos níveis de mercúrio na saúde das populações humanas locais não está bem avaliado. Intoxicação crônica por mercúrio orgânico acarreta, em adultos, distúrbios neurológicos e imunológicos. Entre os possíveis agravos à saúde provocados pela intoxicação crônica pelo mercúrio encontra-se a disfunção imune e auto-imunidade, sendo o lúpus eritematoso sistêmico (LES) um exemplo típico dessa categoria. Diversos trabalhos aventam a hipótese de o mercúrio agir como um elemento adjuvante na patogenia do LES. Será um estudo de delineamento observacional do tipo transversal em duas populações distintas: grupo de estudo e grupo controle. População de Estudo Critérios de Inclusão: Serão selecionados 40 pacientes e 40 controles. Os pacientes deverão ter diagnóstico de LES há no máximo 12 meses; Residir no estado do Amazonas há pelo menos 24 meses antes do diagnóstico; O grupo controle será constituído de indivíduos normais voluntários sadios, pareados por idade e sexo. Critérios de Exclusão: Pacientes procedentes de áreas de garimpo, cabelos pintados com tintura química. Coleta de dados Todos os participantes serão submetidos a um questionário que incluirá dados demográficos, procedência; porém para os pacientes com diagnóstico de LES, será acrescentada a coleta de dados como tempo e características da doença. Será coletado de todos os participantes uma amostra de 3cm de cabelo. Também serão coletados 10 mL de sangue venoso. Análises de auto-anticorpos: Será realizado FAN, anti-DNA, anti-Sm, anti-RNP, anti-Ro/SSA, anti-La/SSB e anticardiolipina, C3 e C4. Serão realizadas nos participantes do estudo, análises hematológicas e bioquímica. A dosagem do mercúrio total será do tecido capilar. As etapas da análise de mercúrio total constarão: a) esterilização da vidraria, b) pré-digestão básica da amostra com NaOH e c) digestão química com H2SO4. As medidas da concentração de mercúrio serão realizadas em espectrômetro de absorção atômica de feixe duplo no comprimento de onda 253,7 nm e pelo método adição padrão.
Keywords: LES
Lúpus Eritematoso Sistêmico
Mercúrio
Amazônia
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências da Saúde: Reumatologia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Clínica Médica
Faculdade de Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa PIBIC 2009
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1874
Issue Date: 28-Jul-2010
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jeanna Lee de Oliveira Coutinho.pdf802,48 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.