Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2898
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Triagem farmacológica de Byrsonima duckeana W. R. Anderson (Malpighiaceae) em modelos animais de dor inflamatória
metadata.dc.creator: Kleyton Cardoso de Andrade
metadata.dc.contributor.advisor1: Fernanda Guilhon Simplicio
metadata.dc.description.resumo: O estudo de plantas brasileiras pode alavancar a indústria farmacêutica do país, dado o grande potencial do Brasil como produtor de fitoterápicos, em virtude da riqueza de sua flora. Entretanto, muitas das nossas espécies ainda permanecem desconhecidas no meio científico, de modo que um grande arsenal terapêutico está sendo ignorado. Estudos químico-farmacológicos com plantas do gênero Byrsonima (Malpighiaceae) têm levado a resultados promissores, com a comprovação de diversas atividades terapêuticas, incluindo atividade anti-inflamatória, antiespasmódica e antimicrobiana (bactérias e fungos), no entanto, menos de quinze das suas 150 espécies foram objetos de estudos científicos. Em se tratando de espécies de ocorrência no Estado do Amazonas, detentor da maior porção da Amazônia brasileira, a incipiência de dados é ainda maior. Apenas a espécie Byrsonima japurensis A. Juss. foi objeto de um recente estudo no qual ficaram comprovadas a ação antioxidante, anti-inflamatória e antiagregante plaquetária do extrato aquoso de sua casca, a qual é amplamente utilizada na forma de chá pela população local, que lhe atribuiu o sugestivo nome de saratudo . Tendo isso em vista, recentemente foi idealizado um estudo multidisciplinar com Byrsonima duckeana W. R. Anderson, espécie arbórea de ocorrência na cidade de Manaus, da qual se pretende investigar o potencial farmacológico do extrato etanólico de suas folhas, visando também o isolamento de substâncias de interesse terapêutico. Nesse contexto, este trabalho visa contribuir para o estudo fitoquímico biomonitorado dessa espécie, realizando uma avaliação preliminar de atividade analgésica do extrato etanólico bruto e suas frações hexano, diclorometano e acetato de etila. Dessa forma, comparando o efeito biológico das amostras supracitadas em modelos animais de dor inflamatória, espera-se apontar novos rumos para a abordagem químico-farmacológica da espécie, e contribuir para o estudo científico de plantas brasileiras, especialmente aquelas de ocorrência em nosso Estado. Para tanto, serão realizados testes consagrados na literatura científica para avaliação preliminar de novas drogas analgésicas, a citar: teste da formalina, teste das contorções abdominais e teste da placa quente, além da realização de screening Hipocrático e investigação de possíveis ações sobre o sistema nervoso central pelo teste do sono induzido por éter etílico, todos realizados em camundongos Swiss albinos de ambos os sexos.
Keywords: Byrsonima duckeana, extrato etanólico
Atividade analgésica
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências da Saúde: Farmácia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Faculdade de Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2011
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2898
Issue Date: 31-Jul-2012
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Kleyton Cardoso de Andrade.pdf949,26 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.