Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3815
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Paulo Rogério da Costa Couceiro-
dc.creatorRosane dos Santos Bindá-
dc.date.accessioned2016-09-23T15:39:33Z-
dc.date.available2016-09-23T15:39:33Z-
dc.date.issued2014-07-31-
dc.identifier.urihttp://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3815-
dc.description.resumoO tratamento de efluentes tem se transformado em um dos principais campos de estudos em razão do aumento da população mundial e das atividades industriais. Novas técnicas para a prevenção e o controle das poluições vêm sendo desenvolvidas para purificação e o reuso da água. Os elementos traços são os contaminantes mais comumente encontrados nos efluentes industriais, os quais podem causar muitas doenças e sérios problemas fisiológicos, uma vez que são acumulativos no organismo. As políticas ambientais vêm exigindo valores de concentração menores para os poluentes presentes nos efluentes. Visando atender essas políticas, as indústrias vêm se ajustando aos processos existentes, por meio da aplicação de procedimentos que visam à menor geração e/ou a remoção de elementos tóxicos desses efluentes. Muitos métodos alternativos vêm sendo aplicados, em que se destaca o emprego da adsorção mediante materiais naturais devido ao seu reduzido custo e simplicidade no processo. As zeólitas naturais por apresentarem excelentes propriedades, como a capacidade de troca catiônica e adsortiva, e elevada estabilidade mecânica em sistemas aquosos (desde que não sejam fortemente ácidos) tem sido objeto de interesse para essas aplicações. A escolecita (zeólita natural), fórmula química Na0,3Ca2Al2Si3O10.3H2O, tem sido aplicada na retenção de cátions de elementos traços, que comumente são encontrados nos efluentes gerados por vários segmentos industriais. Dessa forma, o presente trabalho visa promover a troca catiônica do íon Na+ presente na escolecita por íon Ca2+, com a finalidade de potencializar o seu efeito adsortivo, e esta será testada em solução aquosa contendo íon Ni2+, contaminante comumente encontrado em ambiente aquático devido ao descarte de baterias de equipamentos eletrônicos.pt_BR
dc.description.sponsorshipCNPQpt_BR
dc.formatPDF-
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Amazonaspt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentQuímicapt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências Exataspt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA PIBIC 2013pt_BR
dc.publisher.initialsUFAMpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectElementos traços-
dc.subjectEscolecita-
dc.subjectIsoterma de Lagmuir-
dc.subject.cnpqCIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA: QUÍMICApt_BR
dc.titleAplicação da escolecita (Zeólita natural) modificada na remoção de NI2+ de ambiente aquoso por processo de adsorçãopt_BR
dc.typeRelatório de Pesquisapt_BR
dc.pibic.cursoQuímica - Licenciaturapt_BR
dc.pibic.nrprojetoPIB-E/0109/2013-
dc.pibic.projetoAplicação da escolecita (Zeólita natural) modificada na remoção de NI2+ de ambiente aquoso por processo de adsorção-
dc.pibic.dtinicio2013-08-01-
dc.pibic.dtfim2014-07-31-
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File SizeFormat 
relatório_final_PIBIC_PIB-E_109_2013_rosane_dos_santos_binda.pdf705,7 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.