Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/5838
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Sambuichi, Ernesto Atsushi-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9866764795865633pt_BR
dc.contributor.referee1Tanaka, Rodrygo Yoshiyuki-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5476207767373512pt_BR
dc.contributor.referee2Ferreira, Cacio José-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/1928500395861445pt_BR
dc.creatorAnjos, Camila Carvalho dos-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4175822247303093pt_BR
dc.date.accessioned2020-12-25T00:37:01Z-
dc.date.available2020-12-23-
dc.date.available2020-12-25T00:37:01Z-
dc.identifier.urihttp://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/5838-
dc.description.abstractThe present work deals about Ōkami - a game available on several video game platforms - and aims to analyze the similarities and differences among its characters and those of mythology, as well as some Japanese folk tales. To do this, was investigated the mythology and folklore of Japan and the way in which game characters are constructed. In addition to the theoretical references on these themes, Krawczyk and Novak (2006) categorization was used, which classify the characters according to the archetypes of characters in video games, together with Joseph Campbell's (2007) monomyth theory, where the hero of myths and tales traces a circular route of departure and returns to his society. Through a comparative analysis among the ten characters selected for the research, the study identified the use of various aspects of mythological narratives, not limited to the evident ones like the proper names of the characters. It was also possible to investigate the use of folkloric narratives, as well as the identification of some original characters of the game - thus classified as there are no characteristic elements strong enough to demonstrate their connection with traditional narratives. Among the distinctions, it was observed that the studio responsible for the game development chose to adapt several aspects that characterize the original narratives to the fruitive reality of the player, aiming at a better gameplay.pt_BR
dc.description.resumoO presente trabalho trata de Ōkami - um jogo disponível em diversas plataformas de videogame - e tem como objetivo a análise das semelhanças e das diferenças entre os personagens deste com os da mitologia, bem como alguns contos folclóricos japoneses. Para isso, investigou-se a mitologia e o folclore do Japão e a maneira como os personagens de jogos são construídos. Além dos referenciais teóricos sobre esses temas, utilizou-se a categorização de Krawczyk e Novak (2006) que classificam os personagens conforme os arquétipos de personagens dos jogos de videogame, juntamente com a teoria do monomito de Joseph Campbell (2007), onde o herói dos mitos e contos traça um percurso circular de saída e volta à sua sociedade. Através de uma análise comparativa entre os dez personagens selecionados para a pesquisa, o estudo identificou o aproveitamento de vários aspectos das narrativas mitológicas, não se limitando aos aparentes como os nomes próprios dos personagens. Pôde-se averiguar também a utilização de narrativas folclóricas, bem como a identificação de alguns personagens originais do jogo - assim classificados por não haver elementos característicos suficientemente fortes para demonstrar sua ligação com as narrativas tradicionais. Dentre as distinções foi observado que o estúdio responsável pelo desenvolvimento do jogo optou por adaptar vários aspectos caracterizadores das narrativas de origem para a realidade fruitiva do jogador visando a uma melhor jogabilidade.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Letraspt_BR
dc.relation.referencesABREU, Thiago Cosme de. Taketori Monogatari: a obra e o discurso (pretensamente) amoroso. 2016. Dissertação (Mestrado em Língua, Literatura e Cultura Japonesa) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. doi:10.11606/D.8.2016.tde-09052016-125013. Disponível em: <https://teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8157/tde-09052016-125013/pt-br.php>. Acesso em: 17 de outubro de 2020. ANESAKI, Masaharu. Mitología Japonesa: Leyendas, Mitos y Folclore Del Japón Antiguo. Tradução de Miguel Mancera. Tokyo: Editorial Amazonia, 2015. Disponível em: <https://www.pdfdrive.com/mitolog%C3%Ada-japonesa-e50204482.html>. Acesso em 20 de agosto de 2019. ANTONI, Klaus. Momotarô (The Peach Boy) and the Spirit of Japan: Concerning the Function of a Fairy Tale in Japanese Nationalism of Early Shôwa Age. Asian Folklore Studies, [s. l.], v. 50, p. 155-188, Janeiro 1991. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/270376519_Momotaro_The_Peach_Boy_and_the_ Spirit_of_Japan_Concerning_the_Function_of_a_Fairy_Tale_in_Japanese_Nationalism_of_th e_Early_Showa_Age_In_Asian_Folklore_Studies_vol_50_1991_155-188>. Acesso em: 29 outubro de 2020. ASTON, William George. Nihongi: Chronicles of Japan from the Earliest Times to A.D. 697. Londres: Kegan Paul, Trench, Trubner & C., Limited., 1896. Disponível em: <https://archive.org/details//page/n10/mode/2up>. Acesso em: 20 de outubro de 2020. BATCHELOR, John. The Ainu and Their Folklore. London: The Religious Tract Society, 1901. Disponivel em: <https://archive.org/stream/ainuandtheirfol00batcgoog#page/n14/mode/ 2up/search/round>. Acesso em: 2 de outubro de 2019. BRADY GAMES. Okami Official Strategy Guide (inglês). Setembro de 2006. Disponível em: < https://epdf.pub/ O kami -official-strategy-guide-official-strategy-guidesbradygames.html>. Acesso em: 12 de outubro de 2019. BRUNEL, Pierre. Dicionário de Mitos Literários. 2.ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1998. CAMARGO, Ana Paula de Souza. Japão: a peculiaridade de sua cultura, arte e moda. Orientador: Afonso Celso Carvalho Rodrigues. 2013. 87 p. Monografia (Especialista em Moda, Cultura de Moda e Arte) - Faculdade de Arte, Universidade Federal de Juiz de Fora, 2012. Disponível em: <https://www.ufjf.br/posmoda/files/2013/05/monografiarevisadaAPSC.pdf>. Acesso em: 29 outubro de 2020. CAMPBELL, Joseph. O Herói de Mil Faces. Tradução de Adail Ubirajara Sobral. São Paulo: Editora Pensamento, 2007.CAMPBELL, Joseph. O poder do mito. Tradução de Carlos Felipe Moisés. São Paulo: Palas Athena, 1990. Disponível em: <http://gepai.yolasite.com/resources/joseph_campbell_ %20o_poder_do_mito.pdf>. Acesso em: 30 de outubro de 2020. CAMPBELL, Joseph. Transformações do Mito Através do Tempo. Tradução de Heloysa de Lima. 2.ed. São Paulo: Cultrix, 2015. CANDIDO, Antônio; et al. A Personagem de Ficção. São Paulo: Perspectiva, 13.ed, 2014. CAPCOM. Okami – Official website. Disponível em: <http://www.capcom.co.jp/o-kami/ps2/ main.html>. Acesso em: 15 de outubro de 2019. CAPCOM. Okami: Official Complete Works. Udon, 2008. CHAMBERLAIN, Basil Hall. Translations of “Kojiki”. 2.ed. Tokyo, 1932. Disponível em: <https://www.univie.ac.at/rel_jap/k/images/2/2c/Kojiki_Chamberlain.pdf>. Acesso em: 20 de outubro de 2019. EBERT, Vagner. IV SIMPÓSIO INTERNACIONAL E VIII SIMPÓSIO NACIONAL DE LITERATURA E INFORMÁTICA, 2016, UFP. O JOGO DO HERÓI: A JORNADA DO HERÓI EM ASSASSIN’S CREED. Passo Fundo: UFP, 2016. Tema: Literatura e internet: arte digital, escola experimental. Disponível em: < https://www.upf.br/_uploads/Conteudo/simposiolitinf/artigos/Vagner%2520Ebert.pdf >. Acesso em: 4 janeiro de 2020. EDWARDS, Walter. Mirrors on Ancient Yamato: The Kurozuka Kofun Discovery and Question of Yamatai. Monumenta Nipponica, v. 54, n. 1, p. 75-110, 1999. Disponível em: <https://www.jstor.org/stable/2668274>. Acesso em: 8 de novembro de 2020. ELIADE, Mircea. Aspectos do Mito. Tradução de Manuela Torres. Portugal: editora 70 edições, 1963. ELIADE, Mircea. Mito e Realidade. Tradução de Pola Civelli. 6.ed. São Paulo: editora Perspectiva S.A, 2013. ELIADE, Mircea. O sagrado e o profano. 1. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1992. 109 p. Disponível em: <https://gepai.yolasite.com/resources/O%20Sagrado%20E%20O%20Profano %20-%20Mircea%20Eliade.pdf>. Acesso em: 8 novembro de 2020. FALERO, Alfonso. La mitología como fuente del imaginario japonés: leyenda y arquetipos culturales. In: M. Fernández, J. Martínez, P. Garcés y L. Terrón (Eds.), Mitologías del imaginario japonés. Soria: Diputación Provincial de Soria, 2007. Disponível em: <https://gredos.usal.es/bitstream/handle/10366/122069/La%20mitologia%20como %20fuente%20del%20imaginario%20japones%20_2005_.pdf >. Acesso em: 26 de junho de 2020. FERGUSON, Ian Stuart. The evolution of a legend: a comparison of the character of tamamo no mae portrayed in muromachi period otogizōshi and in the late-edo vendetta tale, ito guruma kyūbi no kitsune (the spinning wheel and the nine-tailed fox). 2012. 65 f. Tese (Mestre em Artes) - Departamento de Línguas e Civilizações Asiáticas, Universidade de Colorado,Hawaii, 2007. Disponível em: <https://scholar.colorado.edu/concern/graduate_thesis_or_dissertations/s1784k99j>. Acesso em: 26 set. 2020. FERRER, Marc Lovet. Representation of Japan by the video game industry: the case of Ôkami from a Japanophile perspective. Dissertação (mestrado em Internet e Estudo sobre jogos) – University of Tampere, 2017. Disponível em: <https://pdfs.semanticscholar.org/74af/ ec127de9e1e5842353722b444815ccf846c3.pdf>. Acesso em: 13 de outubro de 2019. FLUIXÁ, Ángel García. Cuentos y Leyendas Japoneses. Epublibre: [s. n.], 1982. Disponível em: <https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=http://www.kasalpopular.net/wpcontent/uploads/2016/09/ cylj.pdf&ved=2ahUKEwjg4f_l9drsAhVjK7kGHcoUBcUQFjAAegQIAhAB&usg=AOvVaw0 -UxwVOv7hOwNnclAMYnw0>. Acesso em: 17 outubro de 2020. FOSTER, Michael Dylan. Pandemonium and Parade: Japanese Monsters and the Culture of Yōkai. University of California Press, 2009. GASI, Flávia. A poética Imaginária do Videogame: as passagens e as traduções do imaginário e dos mitos gregos no processo de criação de jogos digitais. Tese (mestrado em Comunicação e Semiótica) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. PUC – SP, 2011. Disponível em: <https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4366>. Acesso em: 20 de agosto de 2019. GASI, Flávia. Mapas do Imaginário Compartilhado na Experiência de Jogar: o videogame como agenciador de devaneios poéticos. Tese (doutorado em Comunicação e Semiótica) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. PUC – SP, 2016. Disponível em: <https://tede.pucsp.br/handle/handle/19565>. Acesso em: 20 de agosto de 2019. HEMMANN, Kathryn. Mythical Landscapes and Imaginary Creatures: Pokémon and Japanese Regionalism. Proceedings of the Association for Japanese Literary Studies, Universidade de Notre Dame, v. 14, Outono de 2013. Rhetoric and Region Local Determinants of Literary Expression, p. 261-271. Disponível em: <https://kathrynhemmann.files.wordpress.com/2016/05/kathryn-hemmann-pokc3a9mon-andjapanese-regionalism1.pdf>. Acesso em: 21 jun. 2020. HENSHALL, Keneth G. História do Japão. 2. ed. Lisboa: Edições 70, 2011. HOLTOM, Daniel Clarence. The Japanese Enthronement Cerimonies with An Account of the Imperial Regalia. Tokyo: 1928. Disponível em: <https://ia800408.us.archive.org/26/items/ JapaneseEnthronementCeremonies/Japanese_Enthronement_Ceremonies_150dpi.pdf >. Acesso em: 05 de outubro de 2020. IGLESIAS, Diego. Okami: reinventando mitologia e história. Disponível em: < https://caeolos.itch.io/ o kami>. Acesso em: 21 de agosto de 2019. KAWAI, Hayao. A psique japonesa: grandes temas dos contos de fadas japoneses. Tradução de Gustavo Gerheim. São Paulo: Paulus, 2007.KIKUCHI, Wataru. Relações hierárquicas do Japão contemporâneo: um estudo da consciência de hierarquia na sociedade japonesa. 2012. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-28082012- 123242/ >. Acesso em: 30 de outubro de 2020. KRAWCZYK, Marianne; NOVAK, Jeannie. Game Development Essentials: Game Story and Character Development. Estados Unidos: Thomson Delmar Learning, 2006. LEMOS, Adriana Falqueto. Literatura, Videogame e Leitura: Intersemiose e Multidisciplinaridade. Dissertação (Mestrado em Letras)- Centro de Ciências Humanas e Naturais – Programa de Pós – graduação em Letras, Universidade Federal do Espírito Santo, 2015. Disponível em: <https://repositorio.ufes.br/bitstream/10/1988/1/Literatura %20videogames%20e%20leitura%20%20intersimiose%20e%20multidisciplinaridade.pdf>. Acesso em: 25 de agosto de 2019. LITTLETON, C. Scott. Conhecendo o Xintoísmo: origens, crenças, práticas, textos sagrados, lugares sagrados. Tradução de Vera Joscelyne. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010. LOW, Morris. Physical Anthropology in Japan: The Ainu and the Search for the Origins of the Japanese. Current Anthropology, The University of Chicago Press Journals, v. 53, p. 57-68, abr. 2012. DOI 10.1086/662334. Disponível em: <https://www.jstor.org/stable/10.1086/662334?origin=JSTORpdf&seq=1#metadata_info_tab_contents>. Acesso em: 22 jun. 2020. MARINELLI, Sonia. CAPCOM ŌKAMI: Letteratura e folclore nel mondo dei videogiochi. Escola de lingua, literatura tradução e interpretação - Universidade de Bolonha, 2014. Disponível em: <https://www.academia.edu/14360614/CAPCOM_OKAMI_Letteratura_e_folclore_nel_mond o_dei_videogiochi?email_work_card=title>. Acesso em: 20 de março de 2020. MAYER, Fanny Hagin. Ancient Tales in Modern Japan. Bloomington, Indiana: Indiana University Press, 1899. Disponível em: <https://www.academia.edu/31706471/Ancient_Tales_at_BULLET_zn_Modern_Japan_An_A nthology_of_Japanese_Folk_Tales_Selected_and_Translated>. Acesso em: 30 de agosto de 2019. MIETTO, Luís Fábio Marchesoni Rogado. Estudos preliminares acerca do processo de elaboração da obra Kojiki. Estudos Japoneses,[S. l.], n. 13, p. 99-109, 1993. DOI: 10.11606/issn.2447-7125.v0i13p99-109. Disponível em: <https://www.revistas.usp.br/ej/article/view/142631>. Acesso em: 31 outubro de 2020. MIETTO, Luís Fábio Marchesoni Rogado. Kojiki e o Universo Mitológico Japonês da Antiguidade. In: Estudos Japoneses – vol. 15. São Paulo: Centro de Estudos Japoneses da Universidade de São Paulo. 1995. p. 67-93. Disponivel em: <http://www.periodicos.usp.br/ej/article/view/142715/137668>. Acesso em: 20 de agosto de 2019. NAMEKATA, Márcia Hitomi. O conto japonês Urashima Tarō: uma análise sob o prisma do mito. Revista Cerrados. v. 7, n.8, p.71-80, Brasília, UnB, 1998. Disponível em:<https://periodicos.unb.br/index.php/cerrados/article/view/966/837>. Acesso em: 20 de outubro de 2020. NAMEKATA, Marcia Hitomi. Os mukashi banashi da literatura japonesa: uma análise do feminino e do casamento entre seres diferentes no contexto dos contos do japão antigo. 2011. Tese (Doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. doi:10.11606/T.8.2011.tde08092011-143050. Disponível em: <https://teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8151/tde08092011-143050/>. Acesso em: 21 de junho de 2020. NAUMANN, Nelly. “The kusanagi sword”. Harrassowitz Verlag, 1992, p. 158-170. Disponível em: <https://freidok.uni-freiburg.de/fedora/objects/freidok:4635/datastreams/ FILE1/content>. Acesso em 10 de novembro de 2020. OKADA, Mitsuharu Vicent. The Plight of Ainu, Indigenous People of Japan. Journal of Indigenous Social Development, Universidade do Hawaii, v. 1, p. 1-14, jan. 2012. Disponível em: <https://scholarspace.manoa.hawaii.edu/bitstream/handle/10125/21976/ v1i1_02okada.pdf>. Acesso em: 15 jun. 2020. Ōkami. Estados Unidos da América: Capcom, 2006. Jogo eletrônico de Playstation 2. Ōkami HD. Estados Unidos da América: Capcom, 2017. Jogo eletrônico de Playstation 4. OZAKI, Yei Theodora. Japanese Fairy Tales. Global Grey ebooks, 1908. Disponível em: <https://www.globalgreyebooks.com/japanese-fairy-tales-ebook.html>. Acesso em: 15 outubro de 2020. PÉREZ, José Enrique Narbona. La espada Kusanagi no tsurugi: Reliquia y símbolo de poder. Asiadémica: revista universitária de estudos sobre ásia oriental, Universidade de Granada, ed. 09, p. 12-54, Janeiro 2017. Disponível em: <https://www.raco.cat/index.php/asiademica/article/download/317148/407216/>. Acesso em: 7 outubro de 2020. POLEN, James Scott. Continuity and Change of Momotaro. 2008. 46 f. Tese (Mestre em Artes) - Faculdade de Artes e Ciências, Universidade de Pittsburgh, Universidade de Pittsburgh, 2007. Disponível em: <http://d-scholarship.pitt.edu/10422/1/jspolenthesis.pdf>. Acesso em: 29 outubro de 2020. PROPP, Vladimir I. Morfologia do Conto Maravilhoso. Tradução de Jasna Paravich Sarhan. 2.ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010. ROBERTS, Jeremy. Japanese mythology A to Z. New York: Chelsea House, 2010. RODRIGUES, Camila. Abordagem discursiva em Kojiki. Orientador: Shirlei Lica Ichisato Hashimoto. 2018. Dissertação (Mestrado em Letras) - Faculdade de filosofia, letras e ciências humanas departamento de línguas orientais programa de pós-graduação em língua, literatura e cultura japonesa, Universidade de São Paulo, 2018. Disponível em: <https://www.teses.usp.br/ teses/disponiveis/8/8157/tde-19022019-192002/en.php>. Acesso em: 22 de dezembro de 2019RUBIO, Carlos; MORATALLA, Rumi Tani. KOJIKI: Crónicas de antíguos hechos de Japon. 2.ed. Madri: Trattora editorial, 2012. Disponível em: <https://kupdf.net/download/kojiki-croacute-nicas-de-antiguos-hechos-de-jap-oacute-n_58f3f6f5dc0d60c64bda9836_pdf>. Acesso em: 24 de dezembro de 2019. SAKADE, Florence; KUROSAKI, Yoshisuke. As histórias preferidas das crianças japonesas. São Paulo: JBC, 2006. v. 1. SAKADE, Florence; KUROSAKI, Yoshisuke. As histórias preferidas das crianças japonesas. São Paulo: JBC, 2006. v. 2. SUNG, Yoo Kyung; JUNKO, Sakoi. Stories of the Ainu: The Oldest Indigenous People in Japanese Children’s Literature. Bookbird: A Journal of International Children's Literature, vol. 55 no. 1, 2017, p. 4-13. Project MUSE, doi:10.1353/bkb.2017.0001. Disponível em: <https://www.academia.edu/31467509/Sung_Y_K_and_Sakoi_J_2017_Stories_of_the_Ainu_ The_Oldest_Indigenous_People_in_Japanese_Childrens_Literature_Bookbird_A_Journal_of_ International_Childrens_Literature_55_1_4_13>. Acesso em: 10 de outubro de 2020. TESSARO, Annye Cristiny. Narrativas e games: um olhar do design literário-artístico. 2018. 199 f. Tese (Doutorado em Tecnologia da Inteligência e Design Digital) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Tecnologia da Inteligência e Design Digital, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: <https://tede2.pucsp.br/ handle/handle/21522?mode=full>. Acesso em: 10 de outubro de 2019. VELDEN, Felipe Vander. Os ainu e suas plantas no norte do Japão. Rio de Janeiro: Revista sociologia antropologia, v.09.02, 2019. Disponível em: <https://revistappgsa.ifcs.ufrj.br/wpcontent/uploads/2019/08/revista-sociologia-antropologia_v09n02_RESENHAS03- FelipeVanderVelden_pt.pdf>. Acesso em: 2 de outubro de 2019. VOGLER, Christopher. A jornada do escritor. Tradução de Ana Maria Machado. 2.ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2006. Disponível em: <https://notamanuscrita.files.wordpress.com/2016/02/visto-vogler-jornada-do-escritor.pdf> Acesso em: 10 de dezembro de 2019. WAPERFELT, Henrik. The Non-Player Character – Exploring the believability of NPC presentation and behavior. Stockoholm University, 2016. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/303496966_The_NonPlayer_Character_Exploring_the_believability_of_NPC_presentation_and_behavior>. Acesso em: 2 de novembro de 2020. WILLISTON, Teresa Peirce. Japanese Fairy Tales. Chicago, Illinois: Rand McNally & Co, 1904. 80 p. Disponível em: <https://archive.org/details/japanesefairytal00willi/page/n7/mode/ 2up>. Acesso em: 17 outubro de 2020. YAMADA, Taka. Shinto Symbols. Contemporary Religions in Japan, Tokyo, Japão, v. 7, n. 2, p. 89-142, jun. 1966. Disponível em: <https://nirc.nanzan-u.ac.jp/en/publications/crj/>. Acesso em: 26 set. 2020.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectŌkamipt_BR
dc.subjectPersonagempt_BR
dc.subjectMitologia Japonesapt_BR
dc.subjectVideogamept_BR
dc.subjectMonomitopt_BR
dc.subject.cnpqLINGUÍSTICA, LETRAS E ARTESpt_BR
dc.titleÔkami e mitologia japonesa - associação dos personagens do jogo com elementos da mitologia e do folclore japonêspt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.creator.affiliationUniversidade Federal do Amazonaspt_BR
dc.date.event2020-12-09-
dc.publisher.localpubManaus/AMpt_BR
dc.subject.controladoMitologia japonesapt_BR
dc.subject.controladoJogos japonesespt_BR
dc.subject.controladoJogos de videogamept_BR
dc.subject.controladoNarrativas mitológicaspt_BR
dc.contributor.referee2orcidhttp://orcid.org/0000-0003-0009-226Xpt_BR
dc.creator.affiliation-initUFAMpt_BR
dc.contributor.grupo-pesquisaGestão da Informação e do Conhecimento na Amazônia (GICA)pt_BR
dc.publisher.courseLetras - Língua e Literatura Japonesa - Licenciatura - Manauspt_BR
Appears in Collections:Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_CamilaAnjos.pdfTCC Letras - Língua e Literatura Japonesa5,06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.