Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1177
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Efeito de diferentes níveis de fitase e de fósforo sobre o desempenho de poedeiras leves
metadata.dc.creator: Rafael Torres Assante
metadata.dc.contributor.advisor1: Frank George Guimarães Cruz
metadata.dc.description.resumo: A avicultura de postura tem evoluído muito nos últimos anos, e como segmento importante na produção de alimento humano de alto valor biológico, tem se adequado às técnicas que possibilitam a melhoria da eficiência de produção das aves. A alimentação dessas aves representa a maior fração do custo de produção e pequenas melhorias na eficiência de utilização dos nutrientes das rações podem resultar em grandes economias. O fósforo é um mineral altamente relacionado com a produção e a qualidade dos ovos, por participar de funções metabólicas essenciais no organismo (Barreto, 1994). Por ser de alto custo e pela sua importância fisiológica, é um elemento que requer atenção especial na sua suplementação. O consumo de quantidades inadequadas desse elemento provoca problemas de anormalidades, redução no tamanho e produção de ovos e má qualidade da casca do ovo, com altos índices de quebra, entre outros (Calderon & Jensen, 1990; Roland, 1992; Junqueira, 1993). O fósforo está altamente relacionado com a produção e qualidade dos ovos e dentre os minerais utilizados nas formulações de rações para aves é o que mais onera o seu custo final. A suplementação do fósforo nas rações, necessária para completar as necessidades nutricionais das aves, geralmente, é realizada utilizando-se o fósforo inorgânico proveniente do fosfato bicálcico ou farinhas de carne e ossos. A enzima fitase catalisa o desdobramento do ácido fosfórico de inositol liberando deste modo o ortofosfato para ser absorvido (Newman, 1991). O uso nas rações da enzima fitase com a finalidade de aumentar o aproveitamento do fósforo orgânico, que está na forma de fitato nos ingredientes de origem vegetal, vem sendo pesquisado com a finalidade de reduzir o custo da adição do fósforo inorgânico na ração. O experimento será conduzido nas instalações do Setor de Avicultura da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Amazonas, Setor Sul do Campus Universitário em Manaus AM. Serão utilizados 160 poedeiras da linhagem Lohman LSL com 24 semanas de idade, criadas sob idênticas condições de alimentação e manejo. A ração das aves terá 15,5 % de PB, 2.750Kcal/kg de energia, 4,2 % de cálcio e 0,45% de fósforo disponível. Serão avaliadas as variáveis: consumo de ração (g/ave/dia), conversão alimentar (kg/dz), e (kg/kg) e produção de ovos (%). Será utilizado um esquema fatorial 2X3 (dois níveis de fitase (0 e 300 FTU) x três níveis de fósforo disponível (0,20; 0,28 e 0,36%) inteiramente casualizado, sendo quatro tratamentos com cinco repetições de oito aves por parcela, totalizando 160 aves. Dados de temperatura e umidade relativa serão coletados as 09:00 hs e as 15:00 hs no interior do galpão. Os dados coletados serão submetidos à análise de variância pelo programa SAEG (Sistemas para Análise Estatísticas e Genéticas), Versão 8.0, desenvolvido pela Universidade Federal de Viçosa (2001) e as medias dos tratamentos serão submetidas ao teste de Tukey ao nível de 5% de probabilidade.
Abstract: 
Keywords: poedeiras
desempenho
produtividade
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Zootecnia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Produção Animal e Vegetal
Faculdade de Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: Programa PIBIC 2008
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1177
Issue Date: 25-Jul-2009
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.