Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1480
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Ecologia de paisagem aplicada ao estudo do Parque Estadual Sumaúma, AM.
metadata.dc.creator: Jan Feldmann Martinot
metadata.dc.contributor.advisor1: Eduardo da Silva Pinheiro
metadata.dc.description.resumo: O crescimento urbano de Manaus, AM vem ocasionando alterações nas paisagens da cidade, principalmente degradação e formação de fragmentos florestais urbanos. Esses fragmentos dispersos e isolados entre si não permitem um fluxo de informação genético que permita sua manutenção. Esse processo, aliado a um manejo inadequado do solo gera grandes processos erosivos, põem em risco a manutenção dos ecossistemas, vital para a qualidade e quantidade dos recursos hídricos, conservação da flora e fauna e qualidade de vida da população. No ano de 2003, a mobilização dos moradores do bairro Cidade Nova/Manaus, determinou a criação do Parque Estadual Sumaúma para proteger a flora, a fauna e os recursos hídricos de um fragmento florestal. Um problema das unidades de conservação recentemente criadas é a falta de dados precisos sobre a sua integridade ambiental e uma melhor integração entre a comunidade do entorno e órgãos do governo para uma gestão participativa mais eficaz à conservação dos elementos bióticos e abióticos, evitando perdas da biodiversidade e aumento a qualidade de vida dos moradores. O presente projeto de pesquisa tem como objetivo geral identificar e caracterizar espacialmente as unidades de paisagem presentes no Parque Estadual Sumaúma, com a perspectiva dar suporte ao plano de gestão e planejamento de ações integradas para a conservação do Parque. Ainda, produzir mapas temáticos (uso e cobertura da terra e unidades de paisagem); determinar a composição florística e estrutural e a diversidade florística das diferentes fitofisionomias presentes no local, e assim subsidiar o planejamento de ações do poder público estadual e municipal para a melhoria da qualidade de vida da população de Manaus e do entorno do Parque em particular. Os recentes desenvolvimentos em Ecologia da Paisagem têm enfatizado a importância dos processos espaciais compelindo ou limitando muitos processos ecológicos. O Sistema de Informações Geográficas (SIG) apoiado por técnicas de Sensoriamento Remoto tornaram-se ferramentas adequadas para análise da paisagem. Para mapear o uso e cobertura da terra na área serão utilizadas imagens com alta resolução do satélite QuickBird, base cartográfica e expedições de campo. O levantamento da composição florística e estrutural das formações vegetais no Parque Sumaúma será realizado pelo método de parcelas. Após o levantamento de campo serão avaliadas: riqueza, dominância, equabilidade e diversidade das espécies vegetais nas parcelas lançadas. Para mapear as unidades de paisagem e calcular suas métricas serão consideradas, as formas do relevo da área, declividade e altimetria, o mapa de uso e cobertura da terra e os dados de composição florística e diversidade biológica gerados neste estudo.
Abstract: 
Keywords: Ecologia da paisagem, Parque Sumaúma, biodiversidade
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Exatas e da Terra: Geografia Fisica
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Geografia
Instituto de Ciências Humanas e Letras
metadata.dc.publisher.program: Programa PIBIC 2008
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1480
Issue Date: 31-Jul-2009
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.