Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1508
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Vida e memória social em assentamentos rurais no Estado do Amazonas: Trajetórias de vida e aspectos socioculturais.
metadata.dc.creator: Taciana Lima Magalhães
metadata.dc.contributor.advisor1: Antonio Carlos Witkoski
metadata.dc.description.resumo: O Brasil ao longo de tantos períodos históricos sempre teve algo muito forte no que se diz em relação à gestão agrária desde a colonização, das capitanias para divisão de terras, passando pela década de 60 com o militarismo do Integrar para não entregar , da expansão demográfica na Amazônia devido ao tão antigo sonho do Eldorado , até chegarmos aos dias atuais, onde há tantos conflitos agrários, quanto intervenções de novas demandas em relação ao uso e ocupação da terra e onde o Estado articula-se a instituições e então são realizados trabalhos como esse. Tendo em vista a importância tanto do resgate histórico para entender as demandas atuais assim como o resgate da memória e os impactos sociais causados pelas transformações socioeconômicas na Amazônia. Pensando a partir da história dos moradores que estão envolvidos com os assentamentos o uso dos recursos naturais e como isso pode ser reflexo do simbolismo, podem-se pensar a partir de métodos de investigação os impactos de como era, o que mudou e como eles vêem e se inclui no ambiente modificado ou não pela agricultura familiar, posse da terra, entre outros fatores. Levando em consideração que a questão agrária/ fundiária está diretamente relacionada com questões econômicas, políticas, ambientais e principalmente culturais, tradicionais, de saber popular (subjetivo/objetivo). È de suma importância que se contribua para que dessa maneira se possa propor uma política de assentamento que leve em consideração a diversidade da região do Estado do Amazonas, bem como também da Amazônia. Para que assim se possa contribuir com a execução de um projeto maior, que pretende fazer um diagnóstico das singularidades de cada município estudado neste projeto (Silves Maués, Anori, Parintins, Uarini, Manicoré e Tefé). Como metodologia, teremos: 1) levantamento bibliográfico procurando explicitar os elementos teóricos referente ao problema estudado; 2) Levantamentos de dados primários com os seguintes instrumentos: a aplicação de 10 questionários com perguntas abertas e fechadas relacionadas ao tema da pesquisa em cada um dos municípios estudados perfazendo um total de 70 sujeitos entrevistados; Entrevista semi-estruturada adequada à realidade da pesquisa; anotações no diário de campo durante as viagens, recursos fotográficos e de gravadores digitais.
Abstract: 
Keywords: Assentamentos rurais
Memória social
Aspectos socioculturais
metadata.dc.subject.cnpq: Outros: Ciencias Sociais
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais
Instituto de Ciências Humanas e Letras
metadata.dc.publisher.program: Programa PIBIC 2008
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1508
Issue Date: 31-Jul-2009
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.