Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1689
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Diagnóstico de Sanidade de Tartaruga-da-Amazônia (Podocnemis expansa) em Cativeiro no Estado do Amazonas
metadata.dc.creator: Natasha Nascimento Tuma
metadata.dc.contributor.advisor1: Paulo Cesar Machado Andrade
metadata.dc.description.resumo: Os quelônios do gênero Podocnemis são animais endêmicos das bacias do Amazonas, do Orinoco e do Araguaia e historicamente ligados aos hábitos culturais das populações humanas locais, que utilizam a carne, a gordura e seus ovos como fontes de alimento .No Estado do Amazonas existem cerca de 196 projetos de criação de animais silvestres em análise junto ao IBAMA-AM, sendo que já encontram-se registrados 85 criadouros de tartaruga .Informações sobre eventuais problemas de sanidade que estejam ocorrendo nos criadouros de quelônios possibilitarão, no futuro, que o criador possa controlá-los melhorando o desempenho de sua criação.O presente estudo visa diagnosticar os principais problemas de sanidade e sua influência sobre a produtividade de tartarugas (Podocnemis expansa) manejada em cativeiro.A pesquisa será realizada com quelônios oriundos de nove criadouros comerciais devidamente registrados pelo IBAMA. As visitas aos criadouros serão realizadas em três períodos.Em relação à parasitologia, o conteúdo do trato digestório será obtido de tartarugas oriundas de criadouros comerciais, abatidas junto ao Projeto Bajaquel. Sendo no total 26 tartarugas (14 fêmeas e 12 machos), com idade acima de 5 anos.Nas visitas que serão realizadas: nos períodos da cheia, reprodução e eclosão serão observados cerca de 30 animais em cada criadouro.O conteúdo do trato digestivo será obtido de tartarugas abatidas e será coletado em recipientes com MIF, sendo posteriormente analisados, sendo que as estruturas parasitárias observadas (larvas, ovos de nematelmintos e amebas) serão fixadas em lâminas semipermanentes, para posterior identificação. Dos animais que serão acompanhados nas visitas aos criadouros, será realizada a coleta de material microbiológico na coacla dos animais, do muco da pele, e também, da saliva na cavidade oral. A aquisição do material microbiológico será por meio de Swab.Caso seja observadas ulcerações na carapaça das tartarugas, os animais serão isolados e deixados em recipiente com pouca água (para que o local da lesão seja mantido seco). Será feita a raspagem no local e realizada cultura do material biológico recolhido, para constatação de contaminação bacteriana e análise micótica. As amostras de sangue serão coletadas dos animais dos criadouros, em período de tempo não exceda o intervalo de 2 a 5 minutos para cada animal, a punção do sangue sera feita a partir da veia femoral, utilizando seringas plásticas descartáveis (volumes de 3 ml), contendo heparina ou liquemina como substâncias anticoagulantes.As técnicas para avaliação do hemograma serão baseadas na análise de algumas propriedades do sangue que incluem o hematócrito (Ht), a concentração de hemoglobina (Hb) e o número de células vermelhas presentes no sangue (NE).As medidas das características físico-químicas da água de cada criadouro serão efetuadas durante as visitas nos períodos da cheia, reprodução e eclosão dos animais.
Abstract: 
Keywords: Podocnemis
Sanidade
Parasitologia
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Saude Animal (Programas Sanitarios)
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Produção Animal e Vegetal
Faculdade de Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: Programa PIBIC 2009
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1689
Issue Date: 28-Jul-2010
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rel_Final_A_41_2009_Natasha.pdf2,52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.