Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1730
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Utilização de hidrolisado protéico de peixe, obtido a partir de protease alcalina, como fonte protéica na dieta de ratos de linhagem Wistar em fase de crescimento.
metadata.dc.creator: Marcos do Prado Sotero
metadata.dc.contributor.advisor1: Fábio Tonissi Moroni
metadata.dc.description.resumo: No Brasil a abundância de água doce continental, estimula a pesca comercial, que é fundamental na nutrição, pelo conteúdo em proteínas, vitaminas e minerais. Na Amazônia, peixes de baixo valor comercial têm sido utilizados para pesquisas como opção tecnológica viável para a região, como o aracu, Schizodon vittatus. Cerca de 60.000 toneladas de pescado são processados pelas indústrias de Manaus e cidades vizinhas, deste total 40 a 60%, dependendo da espécie e do tipo de tecnologia empregada, são transformadas em resíduos, poluindo os rios e igarapés. O hidrolisado de pescado, produto obtido mediante a um processo proteolítico enzimático em que as enzimas vegetais ou microbianas atuam como catalisadores biológicos que aceleram a hidrólise das proteínas podendo atingir uma concentração de proteína de 90%. Faz-se necessária a realização de pesquisas relacionadas à qualidade e eficiência protéica de produtos oriundos de resíduos da indústria pesqueira como o hidrolisado protéico de peixe. O objetivo será realizar ensaio biológico com ratos de linhagem Wistar, em crescimento, utilizando ração balanceada, onde a base protéica será o hidrolisado de peixe em diferentes concentrações, serão determinados índices como crescimento, ganho de peso diário, coeficiente de Eficiência Protéica (PER), Razão Protéica Líquida (NPR) e digestibilidade verdadeira (DV). Os peixes serão adquiridos na feira da Panair em Manaus, levados para o laboratório de tecnologia do pescado UFAM onde serão processados. Serão realizadas diferentes hidrolises com concentrações diferentes de solução de protease para determinação da quantidade necessária de solução de enzimas a promover a hidrolise satisfatória. Serão utilizados 50 ratos (Rattus norvegicus, var. albinus, Rodentia, Mammalia) todos machos, da linhagem Wistar, provenientes do biotério central da Universidade Federal do Amazonas UFAM. Os animais serão recém-desmamados (21 dias de idade) e pesando em média 50g (±5g), serão aleatoriamente distribuídos em gaiolas metabólicas individuais (para coleta de fezes do 7º ao 13º dia) compondo cinco grupos experimentais com 10 ratos cada, sendo: grupo 1: ração 1 (controle); grupo 2: ração 2 (100% de substituição); gropo 3: ração 3 (50% de substituição); grupo 4: ração 4 (25% de substituição); grupo 5: ração 5 (aprotéica). Terão acesso a água e alimento ad libitum , por um período de 28 dias. Para a determinação da digestibilidade, as dietas serão marcadas com indigocarmin, na proporção de 200mg/100g, e serão oferecidas aos animais do 6º ao 12º dia, nos ensaios realizados. As fezes serão secas, resfriadas, pesadas e trituradas em multiprocessador para determinação do teor de nitrogênio. O consumo alimentar e o peso corporal dos animais serão registrados diariamente para avaliação do ganho de peso. A avaliação da qualidade protéica será determinada pelo Coeficiente de Eficiência Protéica (PER) que relaciona o ganho de peso dos animais com o consumo de proteína.
Abstract: 
Keywords: hidolisado proteico
ração
ratos
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Biológicas: Fisiologia da Digestao
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Ciências Fisiológicas
Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa PIBIC 2009
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1730
Issue Date: 28-Jul-2010
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.