Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1732
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Atividade de enzimas pectinolíticas e velocidade de miceliação de Ganoderma lucidum (Curt.: Fr. ) P. Karst. em resíduo agroindustrial.
metadata.dc.creator: Ana Júlia Porto de Macedo
metadata.dc.contributor.advisor1: Maria Francisca Simas Teixeira
metadata.dc.description.resumo: Cogumelos comestíveis são alimentos de excelente valor nutritivo por apresentarem proteínas, fibras alimentares, baixo teor de lipídios, aminoácidos essenciais, não-essenciais, minerais (cálcio, potássio, iodo e fósforo), além de vitaminas, entre elas tiamina, riboflavina, niacina e ácido ascórbico. Nos últimos anos, o consumo de fungos como alimento tem aumentado mundialmente devido a preocupação pública com saúde, boa alimentação e também por serem organismos valiosos economicamente e, em relação aos aspectos ambientais. Uma alternativa para produção de cogumelos são cultivos em resíduos da agroindústria que são subprodutos ricos em celulose, hemicelulose e lignina. Esses resíduos podem ser degradados por esses organismos como fonte de carbono e energia, além disso, são substratos para produção de biocompostos, principalmente para enzimas como, celulases, pectinases e proteases. Para o cultivo em resíduo agroindustrial, das culturas de Oudemansiella canarii preservada em óleo mineral será transferido fragmento para Ágar Batata Dextrose + Extrato de Levedura 0,5% (p/v)-BDA, em placa de Petri, as culturas estoque serão mantidas a 25 °C/5 dias. Para avaliação do crescimento micelial vertical será utilizada, casca de cupuaçu e serragem, ambos suplementados com farelo de arroz (0, 10% e 20%), com umidade 60%, pH 6,0 será acondicionada em tubos de ensaio de 2,5 x 20 cm formando uma coluna de 13 cm. Os tubos tamponados com algodão cardado serão submetidos à esterilização a 121 oC por 45 minutos. Após resfriamento dos substratos serão inoculados três fragmentos de 5 mm retirados dos cultivos em BDA. Em cada tubo serão colocadas três fitas milimetradas de 13 cm, em posições opostas, verticalmente e, o crescimento micelial será determinado em centímetros, a cada 24 horas. Os tubos de ensaio serão mantidos a 25 °C, sem luminosidade, por 15 dias, em condição estacionária. E para a determinação da atividade pectinolítica em meio sólido, o resíduo fermentado será pesado e armazenado em frascos de Erlenmeyer em 100 mL de água destilada esterilizada para extração das enzimas. Os frascos serão incubados em agitador orbital, a 150 rpm, a 25 oC. Após 30 minutos o extrato bruto será recuperado por filtração em tecido de algodão, seguindo-se a centrifugação a 8000 xg por 10 minutos, a 4 oC. De cada extrato bruto será retirado 100µL para inoculação em ágar pectina, em condições padronizadas. Os cultivos em resíduo agroindustrial serão feitos em cinco réplicas e a atividade pectinolítica em triplicata.
Abstract: 
Keywords: Oldemansiella canarii
Fermentação
Petinases
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Biológicas: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Parasitologia
Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa PIBIC 2009
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1732
Issue Date: 28-Jul-2010
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.